União entra a vencer nos Nacionais

A União Desportiva de Santarém (UDS) estreou-se no Campeonato de Portugal com “o pé direito”, ao vencer esta tarde, em casa, o Recreio de Águeda por uma bola a zero.

O golo unionista foi apontado aos quatro minutos de jogo por Leo.

Com dois jogadores expulsos, aos 32 e aos 95 minutos, o Recreio de Águeda deu sempre boa réplica, mas nunca incomodou verdadeiramente o guardião Diogo Ferreira, sempre bem a sair aos cruzamentos que visavam o homem mais adiantado da equipa visitante, Camará.

Entrou melhor a turma de André Luís, galvanizada por um Chã das Padeiras bem composto de público que disse presente ao apelo lançado ao longo da semana pela direcção da SAD do clube neste regresso aos Nacionais.

Sempre muito solicitado, Leo foi uma seta voltada à baliza adversária.

Com os laterais Nuno Longo e Serginho sempre bem subidos, que deixavam a defesa a três entregue a Jaka, Hugo Grilo e Cajarana, cabia a Saavedra, a Ganhão e a Batista povoar o meio campo, procurando sair rápido para o ataque.

Após o intervalo, o esquema manteve-se, sempre com uma óptima resposta do Águeda que trabalhou muito, apesar de com menos um jogador, e soube sempre equilibrar a partida, mas a não conseguiu construir com perigo junto à baliza de Diogo Ferreira.

Com uma etapa complementar com muitas paragens, Leo teve ainda nos pés a possibilidade de chegar ao 2-0, depois de uma fífia da defesa do Recreio de Águeda, mas o guarda-redes visitante negou-lhe o segundo golo, aos 86 minutos.

A dois minutos dos sete de prolongamento concedidos (e bem) pelo árbitro, Ataíde vê o segundo amarelo colocando a equipa do Águeda com menos dois jogadores e já sem força anímica para discutir o resultado que acabou por ser favorável à União de Santarém, permitindo-lhe entrar a vencer no regresso aos Nacionais.

A estreia da UDS acabou por ser bem positiva e a vitória, muito festejada nas bancadas, bem merecida.

De salientar a presença de atletas e dirigentes de outros clubes da cidade que corresponderam ao pedido da SAD da União para comparecerem no apoio à equipa, o que trouxe outro envolvimento e colorido às bancadas.

Ficha de Jogo:

Jogo no Campo Chã das Padeiras em Santarém, com cerca de 1000 espectadores.

Árbitro: Ricardo Baixinho, assistido por Leonel Sousa e Filipe Marques.

U. Santarém: Diogo Ferreira, Nuno Longo, Jaka Medina, Hugo Grilo, Cajarana, Batista, Saavedra, Ganhão (João Martins, 77’), Leo (Pio Junior, 87’), Ruben Gouveia e Serginho (André Pires, 92’).

Suplentes não utilizados: Coly, Miguel Lopes, Fabinho e Pratas.

Treinador: André Luís.

Recreio de Águeda: Mário, Souffo, Paulo Moreira (Mbarga, 76’), Ataíde, Camará, Marcelo Dias, Emanuel, Pedro Tavares, Ivan Fidalgo (Gouveia, 66’), Miguel Campos, Diogo Castro (Neto, 58’).

Suplentes não utilizados: Rafa, Rui Rua, Juninho, Marcelo Moreira.

Treinador: André Ribeiro.

Acção disciplinar: Cartões amarelos para Souffo (27’), Leo (29’), Serginho (36’), Nuno Longo (44’), Jaka (60’), Pedro Tavares (80’), Ataíde (84’) e André Ribeiro (treinador do Águeda, 96’). Cartões vermelhos por acumulação de amarelos para Souffo (32’) e Ataíde (95’).

Golos: 1-0 Leo (4’).

Ao intervalo: 1-0.

Resultado final: 1-0.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS