A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu 2.497 artigos contrafeitos avaliados em 247 mil euros e identificou seis pessoas, na Feira de São Tiago, na Covilhã.

Em comunicado, a GNR adianta que durante a operação de prevenção e combate à criminalidade, realizada na “Feira de São Tiago” na terça-feira, foram identificadas seis pessoas, quatro homens e duas mulheres, com idades entre os 24 e os 57 anos, por venda de artigos contrafeitos.

No âmbito da operação, os militares apreenderam 2.497 artigos contrafeitos de várias marcas conhecidas avaliadas em 247 mil euros.

PUBLICIDADE

Entre as apreensões estão 1.067 artigos de calçado, 1.024 peças de vestuário, 165 malas e carteiras, 153 óculos de sol, 43 relógios, 42 bonés e três perfumes.

“A acção resultou na elaboração de 11 autos de notícia por crime de contrafacção, sendo os factos remetidos ao Tribunal Judicial da Comarca da Covilhã”, indica a GNR.

A operação envolveu 60 militares de diferentes subunidades e valências, nomeadamente dos Destacamentos de Intervenção de Castelo Branco e de Santarém e dos Destacamentos Territoriais de Castelo Branco, Fundão e Idanha-a-Nova.

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Estatuto do Antigo Combatente assegura um “tardio, mas justo reconhecimento”

O parlamento aprovou, no passado dia 23, o Estatuto do Antigo Combatente,…

Empresário de Santarém é o mandatário nacional da candidatura de André Ventura às presidenciais

Rui Paulo Sousa, o empresário de Santarém de 53 anos, vai ser…