A, até então, vereadora Cláudia Coutinho renunciou ao cargo que detinha na veração da Câmara Municipal de Santarém, alegando motivos pessoais e familiares.

Em comunicação que o Correio do Ribatejo teve acesso, a agora ex-vereadora informou o presidente do executivo camarário da sua decisão, justificando a mesma com razões pessoais e familiares que a obrigam a estar ausente do país por período de tempo que não pode precisar, motivo pelo qual renuncia ao actual cargo.

No referido documento Cláudia Coutinho agradece a Ricardo Gonçalves a confiança e o convite que este lhe fez aquando da composição das listas candidatas ao município e posterior nomeação como vereadora, agradecendo ainda os vários momentos de “campanha e partilha de ideias – de entender, vivamente, as freguesias, os lugares, as instituições, as empresas inovadoras e os empresários empreendedores que existem em Santarém; assim como a solidariedade e a bondade das admiráveis gentes do nosso concelho. As dificuldades, necessidades, e tamanhas potencialidades desta capital de Distrito”.

Os escalabitanos também merecem a atenção de Cláudia Coutinho, aos quais se dirige com palavras de simpatia, solidariedade, amizade e afinidade, garantindo que são e serão sempre parte integrante do seu crescimento, agradecendo a sua confiança desde o primeiro momento no seu serviço.

O alinhamento da vida pessoal da autarca, desde que aceitou fazer parte da lista, alterou-se, motivo pelo qual tem estado longas temporadas em Angola, ao lado da família, optando por ora renunciar ao cargo para o qual foi designada, mantendo-se nesse país por questões pessoais e familiares.

Na referida carta de renúncia, quiz “deixar bem expresso a consideração por todo o executivo, deputados municipais, presidentes das Juntas de Freguesia e seus eleitos, colaboradores desta Câmara Municipal, amigos e escalabitanos”, assumindo, inteiramente, a responsabilidade da presente renúncia ao cargo de vereadora da Câmara Municipal de Santarém, decisão que define como “muito séria e dolorosa”, mas que justifica não poder deixar de tomar pelos referidos motivos.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.