VÍDEO | Cerca de 20 pessoas desalojadas devido ao perigo de derrocada de prédio em Santarém

Cerca de 20 pessoas ficaram desalojadas esta quarta-feira, 15 de Janeiro, após o prédio onde moravam ter sido evacuado por razões de segurança devido ao perigo de derrocada, em Santarém.

O edifício, localizado na Avenida 25 de Abril, foi evacuado devido à queda de elementos estruturais e à existência de fissuras no edifício, onde está suportada toda a estrutura.

José Guilherme, comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém e coordenador da Proteção Civil municipal, disse que na sexta-feira será feita uma avaliação técnica por uma equipa da Comissão Técnica de Vistorias do município, que inclui engenheiros, arquitectos e geólogos, para determinar se os residentes podem ou não regressar ao edifício.

Segundo o comandante, a situação tem origem em obras não licenciadas realizadas por um dos moradores nuns anexos, que incluíram a construção de uma piscina, numa intervenção com escavações em zona de barreira, mexendo com elementos estruturais do edifício. A situação foi agravada pelas recentes intempéries e pelas chuvas dos últimos dias.

José Guilherme afirmou que a situação tem vindo a ser acompanhada pelo município, que já tinha emitido uma notificação ao proprietário.

“Não podemos correr riscos”, disse, sublinhando que a prioridade da Proteção Civil é “a defesa de pessoas e bens”, lema que ditou a decisão tomada hoje e que vigorará até que seja conhecido o resultado da avaliação marcada para sexta-feira.

Paula Gomes, uma das habitantes do edifício onde mora há quase 30 anos, garante ter ficado estupefacta com a situação pois não imaginava que o edifício estivesse em tais condições.

Dois casais e uma idosa foram levados para casas de familiares e duas famílias, uma com seis pessoas e outra com três, ambas com crianças, foram alojadas temporariamente numa unidade hoteleira da cidade pelos serviços sociais da Câmara Municipal de Santarém.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

Deixar uma resposta