VÍDEO | D. António Marto espera comportamento “exemplar” e “sentido de responsabilidade” dos peregrinos no 13 de Outubro

O bispo da Diocese de Leiria-Fátima espera um comportamento “exemplar” e “sentido de responsabilidade” dos peregrinos que queiram participar nas celebrações do 13 de Outubro, lembrando que a pandemia obriga a limitar o acesso à Cova da Iria.

“Este Outubro teremos de ter algumas restrições, para que a peregrinação, no respeito pelas indicações das autoridades de saúde, não constitua um perigo acrescido de contágio”, indica o cardeal D. António Marto, numa mensagem divulgada pelo Santuário de Fátima. A instituição informou que as celebrações da peregrinação, na noite do dia 12 e na manhã do dia 13, vão poder contar com a presença de cerca de 6000 pessoas, em cada dia.

“Por força das circunstâncias o número de peregrinos que poderá entrar no recinto será limitado. Não pode haver reserva prévia de lugares, mas haverá marcação de espaços que se podem ocupar para que seja mantida segurança entre todos”, indica D. António Marto.

PUBLICIDADE

O responsável destaca que o acesso ao Recinto do Santuário “será condicionado e entrarão peregrinos até ser atingido o número máximo” previsto nas medidas adicionais ao Plano de Contingência, em vigor desde Maio, no Santuário de Fátima. Sei que para muitos, que não poderão entrar, será mais uma prova dolorosa a enfrentar. Eu peço-vos que encaremos esta situação com fé e com responsabilidade cívica. Também para nós, responsáveis pelo Santuário de Fátima, é doloroso ter de tomar estas decisões, já que a nossa missão é acolher os peregrinos”.

O cardeal D. António Marto evoca as dificuldades provocadas pela Covid-19, como a “morte de pessoas queridas, a doença, o desemprego, as dificuldades económicas, a suspensão de costumes que nos são caros”.

“Contamos com a oração de todos. Estamos certos de que, passados estes tempos de pandemia, poderemos voltar a celebrar juntos neste lugar tão significativo, sem as actuais restrições e com todos os que queiram vir”, aponta. O bispo de Leiria-Fátima assinala ainda que o Santuário continua aberto todos os dias, “com inúmeras celebrações”.

A instituição apresentou um conjunto de medidas adicionais para a Peregrinação Internacional Aniversária de 12 e 13 de Outubro, que visam reforçar o Plano de Contingência, prevendo uma presença estimada de cerca de 6 mil peregrinos para o espaço de cerca de 48 mil metros quadrados do Recinto de Oração.

A peregrinação de Outubro, que evoca a sexta e última aparição de Nossas Senhora aos Pastorinhos, em 1917, será presidida por D. José Ornelas, bispo da Diocese de Setúbal e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS