Os vinhos da Quinta do Arrobe e da Quinta da Ribeirinha receberam medalhas de Ouro, no II Concurso Cidades do Vinho, que decorreu na Escola de Hotelaria e Turismo em Setúbal, de 5 a 8 de Maio.

A Quinta do Arrobe recebeu a Medalha de Ouro com o Vinho Oculto, Tinto 2018, Castas Cabernet Sauvignon, Touriga Nacional e Syrah, “Regional Tejo”, Categoria Vinhos Tranquilos, enquanto a Quinta da Ribeirinha recebeu a Grande Medalha de Ouro, com o Vinho Vale de Lobos, Reserva de 2018, Castas Touriga Nacional, Regional Tejo, Categoria Vinhos Tranquilos.

A concurso estiveram 346 vinhos de 55 municípios, em que apenas 113 vinhos e 33 municípios foram premiados, com a Grande Medalha de Ouro e Medalha de Ouro, distinções que vão ser entregues no dia 11 de Junho, na Feira Nacional da Agricultura, em Santarém.

No total, foram atribuídas 113 Medalhas (30 Grandes Medalhas de Ouro e 83 Medalhas de Ouro) – 33 Municípios premiados, entre os quais o Município de Santarém. A entrega dos Prémios será feita na Feira Nacional da Agricultura, dia 11 de Junho, em Santarém.

Este concurso, único em Portugal, pretende promover os vinhos associados ao seu território. Os Municípios juntam-se aos vitivinicultores para, em conjunto, actuarem como promotores dos vinhos dos seus territórios.

A segunda edição deste concurso foi co-organizada pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho – AMPV e pela Associação das Rotas dos Vinhos de Portugal – ARVP

No outro Concurso Vinhos de Portugal da ViniPortugal, entre os mais de 1.450 vinhos inscritos, o júri elegeu 442 vencedores, entre as quais 36 medalhas são na categoria de Grande Ouro, 107 de Ouro e 291 de Prata.

O Concurso que decorreu de 2 a 6 de Maio, no CNEMA, em Santarém, contou com o apoio do Município de Santarém e da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo.

Este é um evento de referência no sector e, em paralelo, um ponto de encontro entre produtores, especialistas, sommeliers e influenciadores nacionais e internacionais que durante estes dias partilham experiências entre si. A iniciativa reforça igualmente a posição de Portugal nos mercados externos enquanto um país de excelência na produção de vinho.

No dia 6 de Maio, o Convento de S. Francisco, em Santarém recebeu, a cerimónia de entrega de prémios dos melhores vinhos de Portugal. Nesta iniciativa que contou com a participação de Ricardo Gonçalves, presidente do Município de Santarém, e de Maria do Céu Antunes, ministra da Agricultura e Alimentação, de João Leite e de Nuno Russo, vereadores da Câmara de Santarém, a Quinta do Arrobe foi premiada com a Medalha de Ouro, com o Vinho Quinto Elemento Branco Reserva de 2018, Castas Arinto, “Regional Tejo”, Vinhos Tranquilos.

O Município de Santarém apoiou os seus produtores (Quinta da Ribeirinha, Adega Cooperativa de Alcanhões/Condado Portucalense, Quinta do Arrobe e Quinta Monteiro de Matos), com a inscrição de 1 vinho em cada um destes concursos.

A Quinta Do Arrobe foi criada em 2011 e juntou-se recentemente ao universo Quinta das Casas Altas, como reforço da estratégia de crescimento e desenvolvimento continuo.

A Quinta da Ribeirinha situa-se na Póvoa de Santarém e dedica-se à produção de Vinhos: Tinto, Branco e Rosé, Espumantes.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…