Centro Histórico de Santarém acolhe “Verão In. Str… é um Espanto”, um brinde ao Verão

O verão em Santarém já não é a mesma coisa sem a iniciativa “Verão In. Str… é um Espanto!”, que decorre de 21 de Junho a 23 de Setembro. A acção, que já vai na sua quarta edição, é organizada pela Câmara Municipal de Santarém e envolve mais de cem agentes culturais, e várias empresas. Esta iniciativa integrada no Projecto In. Str e que brinda (literalmente) às temperaturas mais altas terá lugar em vários espaços do Centro Histórico de Santarém.  

Esta é uma iniciativa já incontornável no programa cultural e social da cidade de Santarém, que este ano traz concertos, arte, desporto, ateliers, gastronomia, percursos temáticos, sessões de cinema, peças de teatro e muitas outras actividades gratuitas e ao ar livre. 

A iniciativa “Verão In. Str… é um Espanto!” 2018 arranca quinta-feira, dia 21 Junho, com a actividade “Ayur-Yoga com som”, às 19h00, no Jardim Portas do Sol. Uma actividade para todos, gratuita e incluída na 3ª edição do Festival de Yoga da Federação Portuguesa de Yoga e da AMA – Associação Movimento Aberto que culmina dia 24. Uma festa multidisciplinar em torno do Yoga que contempla aulas práticas, sessões de meditação, palestras, oficinas e concertos . O dia 21 é uma aula especial dada pelos membros da direcção da AMA.

PUBLICIDADE

Cerca de 30 carros clássicos brilham no asfalto

Às 21h30, também dia 21 de Junho, o In. Str volta a receber todo o carisma e beleza dos veículos clássicos de Santarém. Uma viagem nocturna onde está prevista a presença de perto de 30 automóveis históricos, numa iniciativa dos “Clássicos da Liberdade” e que vão desfilar pelo Largo Cândido dos Reis, Av. Afonso Henriques, Av. Madre Andaluz, Rotunda António Abreu, Rotunda IPS, Av. Afonso Henriques, Rua Pedro de Santarém, Largo Cândido dos Reis, Rua Dr. Teixeira Guedes, Rua Guilherme Azevedo, Rua Serpa Pinto e Praça Sá da Bandeira. Concentração inicial no Jardim da Liberdade.

Depois do desfile, não perca o espectáculo de abertura do “Verão In. Str… é um Espanto!” 2018, “EntreMundos”, às 22h00, no Largo do Seminário, organizado pela ArtemRede / PIA – Projectos de Intervenção Artística, CRL.

“Numa dimensão entre vivos e mortos, um espaço entre o purgatório e o limbo, onde se inicia uma viagem por um universo imaginário inspirado na Morte, uma das grandes questões da humanidade, culpada de estimular a imaginação do Homem na criação de universos paralelos unificando os vivos sob um mesmo fim, onde na sua imparcialidade, se dissolvem o real e o ficcional, a perda das certezas da realidade e o encontro entre a semelhança e a diferença”.

A noite termina com um Brinde Solsticial a Santarém, ao Verão e à Iniciativa Verão In. Str, no Largo do Seminário. Um brinde que conta com os apoios da Adega Cooperativa de Alcanhões e da Loja das Tradições.

Desenho e pintura do (Padre) Chico Nuno

O programa prossegue no dia 22 de Junho, sexta-feira, com a inauguração da exposição de desenho e pintura do (Padre) Chico Nuno, às 16 horas, no Fórum do Centro Cultural Regional de Santarém(CCRS).

Francisco Nuno, nascido a 14 de Março de 1934, leccionou enquanto sacerdote no Liceu de Santarém e desde cedo marcou toda uma geração de estudantes com o seu grande papel mobilizador e a sua preocupação com os mais desprotegidos. Na década de 60/70 do século XX passa a intervir socialmente, através do Secretariado Cristão dos Organismos Juvenis. Funda um lar para estudantes deslocados, com carências económicas, acabando por ser expulso do Liceu Nacional de Santarém. A sua acção interventiva de cariz social, o seu papel mobilizador de gente jovem e a sua facilidade em retratar e explicar graficamente as suas mensagens constituem um legado que esta exposição pretende evocar sublinhando o seu papel na cidade de Santarém.

Pelas 18 horas, a Sala de Leitura Bernardo Santareno, recebe a palestra subordinada ao tema “Portugal e a União Europeia. Momento actual e perspectivas futuras” proferida por Raul Moreira Rato.

Portugal e a Zona Euro e as suas consequências económico-financeiras. A crise de 2008-2011 e o seu impacto na economia portuguesa. O Memorando e as políticas da Troika. A lenta recuperação das finanças públicas e o aparente sucesso do governo de António Costa. A EU em crise: as reformas necessárias para o regresso da política. Qual o futuro para a Europa e que papel poderá nela representar Portugal? Estes são os temas em debate.

O palestrante é licenciado em História pela faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, mestre em Relações Internacionais pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), doutorando em Relações Internacionais pelo ISCSP e pós-graduado em Ciências Políticas pela Universidade de Brasília (UnB).

Também à mesma hora (18h00), realiza-se a Tertúlia Literária José Régio, no Restaurante Alcáçova (Portas do Sol). A tertúlia vai estar a cargo de Eugénio Lisboa e é organizada pelo Circulo Cultural Scalabitano (CCS). Reservas CCS (243321150 das 14 às 20 horas).

E para os mais pequenos (idades compreendidas entre os 4 e os 10 anos) que gostam de explorar e de descobrir segredos, e tesouros há “Noite das Estrelas”, às 21h30, na Associação Aqui Há Gato, que acaba de ser distinguida a nível nacional como a 2ª melhor livraria para crianças.

No quintal é montado um acampamento para observar as estrelas e dormir sob elas.

Ainda no dia 22, o Largo do Seminário é palco, às 22 horas, da Serenata de Coimbra pelo Grupo de Guitarras e Canto de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém.

Caçada Fotográfica a Santarém

A Sociedade Recreativa Operária (SRO) promove uma “Caçada Fotográfica a Santarém”, no sábado, dia 23 de Junho, onde o desafio é “caçar” imagens do Centro Histórico, a partir das 10 horas.

Quem gosta de fotografar, pegue na sua máquina e aceite este desafio.

No final da “caçada” há um momento de partilha e projecção das fotos, na Sociedade Recreativa Operária. Horários: partida da sede da SRO às 10h00 | Partilha de fotos das 12h00 às 13h00.

Os costumes e tradições voltam a invadir a cidade com mais uma edição do In. Tradição do Inatel. Entre as 10h30 e as 12h30, os “Bombos da Golegã” vão andar pelas ruas do Centro Histórico.

E às 11 horas, há Yoga para todos (aula aberta) pela AMA / Federação Portuguesa de Yoga e actividades desportivas Pais e Filhos com a Decathlon, no Jardim Portas do Sol.

A animação continua ao final de tarde com o espectáculo de Ballet (encerramento do ano lectivo) pelo Conservatório de Música de Santarém, às 18h30, no Teatro Sá da Bandeira.

O programa neste dia culmina com o Festival de Folclore “Da Aldeia à Cidade” organizado pelo Rancho Folclórico de Vila Nova do Coito, às 22 horas, no Largo do Seminário.

As actividades do “Verão In. Str… é um Espanto!” voltam no dia 27 Junho, com a festa de encerramento do ano lcetivo da Academia de Dança e Expressão Corporal do Círculo Cultural Scalabitano com a habitual apresentação das suas classes de Ballet sob a direcção de Encarnação Noronha, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, com entrada gratuita (mediante bilhete), condicionada à lotação da sala.

Informações e reservas: Círculo Cultural Scalabitano | circuloscalabitano@gmail.com | tel. 243 321 150 | Rua Maestro Luís Silveira n.º 4, 2000-117 Santarém.

No dia 28 de Junho, o Palácio Landal é palco da abertura da Expo Coletiva In. Artes, às 21h30.

“In Vino Véritas” e “Lusitanos”

Destaque no dia 29 de Junho, para o evento “In Vino Véritas”, no Museu Diocesano de Santarém, entre as 18 e as 23 horas. O evento inclui uma prova de vinho (CVR Tejo) e degustação de iguarias gastronómicas, à qual se segue uma visita sob o título “O Vinho na Arte Cristã”, às 18h30. A animação prossegue às 21 horas com “Ah! Nossa! Branco ou Tinto”, uma charla teatral pelo Veto Teatro Oficina e encerra com “On Hat” com os músicos Pedro Santos Rosa e Luis Vale. Espectáculo marcado para as 21h45. Durante todo o evento não vão faltar vinhos fabulosos e muitos brindes.

Ainda neste dia o CIT (Curso de Iniciação Teatral) do Centro Dramático Bernardo Santareno decidiu escolher para a apresentação de final do curso do ano presente, “Lusitanos” de Carlos Oliveira (Chona)”, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira.

O texto de Carlos Oliveira tem como base o poema épico “Os Lusíadas” de Luís de Camões, que, como personagem central de toda a narrativa nos conta a odisseia de Vasco da Gama na sua viagem marítima à Índia, seguindo o padrão do grande poema da gesta e da identidade nacional “Os Lusíadas”.

Numa linguagem dramaticamente eficaz, o texto oferece-nos uma reconstituição da história camoniana, recheada pela vivacidade das aventuras, pelos perigos desconhecidos dos mares nunca antes navegados, pelos contactos entre civilizações tão diferentes, desafiando ou confiando nos deuses do Olimpo, que a tudo assistem e influenciam.

Trata-se de um desafio arrojado, com grande quantidade de diferentes situações cénicas, personagens, figurinos e adereços que se multiplicam, envolvendo imagens (Rui Bernardino) e música original (João Madeira) com a direcção artística de Paula Nunes, juntamente com os formandos do CIT.

Ficha Técnica: Direção Artística – Paula Nunes; Banda Sonora – João Madeira; Vídeo – Rui Bernardino; Desenho de Luz – Ricardo Marques e Tiago Correia.

Apoios: Centro Dramático Bernardo Santareno, Câmara Municipal de Santarém (candidatura ao PAAAC 2018), Viver Santarém, Teatro Sá da Bandeira e INcubadora D´Artes de Santarém.

Informações e reservas: CDBS – 914 182 662 / cdbsantareno@gmail.com.

Esta peça volta a cena no dia 30, à mesma hora.

Visita “Garrett em Santarém” e Street Arte

A não perder também é a visita guiada “Garrett em Santarém”, no sábado, dia 30 de Junho, a partir das 9h30. A visita que tem início no Jardim da República e incide sobre “Santarém na obra do escritor Almeida Garrett”.

Livros como “O Alfageme de Santarém”, “Frei Luís de Sousa” e “Viagens na minha Terra” fazem-nos viajar para os séculos XIV, XVI e XIX, respectivamente.

Serão estes, os livros, que nos acompanharão numa visita ao Centro Histórico de Santarém, permitindo-nos redescobrir o escritor e a sua obra, mas também partir à descoberta da própria cidade, na expectativa de que seja uma proveitosa viagem no tempo e no espaço.

Duração da visita: 2h30 | Para todas as visitas se aconselha calçado confortável, sendo o número máximo de participantes 50 pessoas. (Término no Jardim Portas do Sol).

Para a visita é necessário efectuar marcação no Posto de Turismo, através  do email: turismo@cm-santarem.pt ou através do telefone 243 304 437.

E se tradições quer recordar o Inatel volta a proporcionar-lhe uma viagem ao mundo rural com o In. tradição. Desta vez, com o Rancho Folclórico de Vale Figueira, das 10h30 às 12h30, pelas ruas do Centro Histórico.

O Jardim Portas do Sol acolhe mais uma aula aberta de yoga para todos, promovida pela AMA/Federação Portuguesa de Yoga, às 11h00. Não faltará ainda a animação Desportiva Pais e Filhos da Decathlon.

Histórias de encantar só mesmo na Associação Aqui Há Gato, às 11h30. Primeiro, “Aqui Há Fantoches”, com entrada livre e depois “Aventura no Mar / Teatro de Luz Negra” (Entrada: 3 euros / gratuito até aos 12 meses).

A arte urbana volta a dar cor aos muros do Centro Histórico (Largo do Seminário; Rua Pedro Canavarro e muro do Círculo Cultural Scalabitano). A partir das 18 horas, vários artistas participam no “In. Str Street Arte” que este ano tem como mote “Artes de Palco”.

O “Verão In. Str… é um Espanto!” “viaja” à noite até à Ribeira de Santarém. Lá vão estar a partir das 22 horas, os palhaços: Branquinho, Pantufa e Cabeças de Nabo, e de Abóbora, do Veto Teatro Oficina, para fazerem rir miúdos e graúdos.

De referir ainda que, no âmbito do In. Cidade, há de 25 a 29 de Junho, Ateliers de Música – Verão 2018, Conservatório de Música de Santarém (18h30).


Confira todas as iniciativas a decorrer entre Junho e Setembro:

Um festival de estátuas vivas, passando por menus com arte, um encontro internacional de artistas plásticos, o centro histórico com portas abertas às quintas-feiras à noite durante dois meses, passando por seis palcos em diferentes espaços até a um mini-autocarro com um novo percurso e mapa interativo, são algumas das novidades do “Verão In. Str… é um Espanto!” 2018.

A programação foi apresentada no passado dia 07 de Junho, durante a Feira Nacional da Agricultura, dia dedicado ao Concelho e à Cidade, e contou com a presença da Vice-presidente da Câmara de Santarém, Inês Barroso e do vereador Ricardo Rato. Não faltaram também os mecenas e parceiros da iniciativa, actores, bailarinos, artistas plásticos e circenses, escultores, músicos e representantes das diversas associações culturais.

De acordo com Inês Barroso “desde o seu início, em 2015, que o projeto In. Str assumiu e assume como objectivos, a inclusão dos habitantes do centro histórico, das suas necessidades e dos seus desejos, mas também as necessidades e os desejos dos diferentes públicos que cada vez mais todos juntos temos vindo a conseguir atrair para este nosso centro”, adiantando que, a iniciativa Verão In. Str … é um Espanto!“ assumiu um território bem concreto, o Centro Histórico”.

E aqui lançou um repto: “a revitalização do centro histórico não cabe só aos comerciantes, ao município ou à Associação de Comerciantes e Empresários de Santarém, mas sim a todos nós. Se cada um de nós der contributos seguramente conseguiremos dar vida ao nosso Centro Histórico que tanto amamos”.

Inês Barroso aproveitou para reforçar a gala líria, concerto de lançamento da iniciativa “Verão In. Str… é um Espanto!” 2018, dia 15 de Junho, às 21h30, no grande Auditório do CNEMA, com a soprano Hélia Castro, a mezzo-soprano, Ema Viana e o tenor Carlos Guilherme acompanhados pela Orquestra Filarmonia das Beiras, dirigida pelo maestro António Vassalo Lourenço. As entradas são gratuitas e deverão ser levantadas no Posto de Turismo de Santarém ou no próprio dia no CNEMA.

Perante uma plateia repleta, a autarca concluiu a sua intervenção com uma pertinente frase de Cristiano Ronaldo: “o sonho não é aquilo em que pensamos quando estamos a dormir. O sonho é aquilo que não nos deixa dormir e que pensamos acordados. Portanto, o sonho é aquilo que nós temos na nossa mente. E é na concretização dos nossos sonhos que vivemos a nossa vida procurando sempre a maior das felicidades”.

História com Arte… Pombinhas de Santarém

No âmbito da iniciativa “Verão In Str… é um Espanto!” da Câmara de Santarém vai decorrer a 3ª edição dos “Menus História com Arte – Pombinhas de Santarém” que integra a componente In. Sabores.

Este ano, esta acção, que tem como parceiros novamente a Compal e a Nobre, destaque-se por um portentoso desafio relacionado com a arte. Nas 20 pastelarias aderentes enquanto degusta os “Menus História com Arte – Pombinhas de Santarém” que integram uma pombinha com fiambre ou com presunto da Nobre e sumos da Compal poderá apreciar obras de arte de diferentes artistas.

As famosas Pombinhas de Santarém – mistura de massa para pão e bolo adocicado em forma de pomba, integram a história gastronómica da cidade de Santarém, apontadas como símbolo do culto do Espírito Santo, festejado na zona de Santarém e na região circundante.

Segundo a tradição, as Pombinhas de Santarém celebram a amizade e a reconciliação e terá feito parte do bodo que era distribuído aos pobres, no Dia de Pentecostes, data que é assinalada 50 dias depois da celebração da Páscoa.

A Compal aproveita esta iniciativa para lançar numa nova gama de sumos só à base de fruta e 100 por cento natural.

Street Food In. Str “Magical Lights Food Fest” e Sound Set Feast

As várias carrinhas de Street Food In. Str “Magical Lights Food Fest” não só portuguesas, mas também espanholas vão invadir o Jardim Portas do Sol, de 27 a 29 de Julho. Trata-se de um dos melhores Street Food’s do país.

A entrada é livre e no recinto – que funcionará na sexta-feira (27) entre as 18h00 e as 24h00, no sábado (28) entre as 12h00 e as 24h00, e no domingo (29), das 12h00 às 21h00 – estarão reunidos diferentes conceitos de alimentação rápida e móvel.

Lá vai encontrar comida típica portuguesa, bem como asiática e mexicana, cachorros, crepes, gelados, bolos da Hungria, tripas de Aveiro, tostas em pão folar e sandes em pão chapata.

Todos os veículos e o recinto vão também estar iluminados com grinaldas de luzes para que todos os visitantes possam fotografar e postar vezes sem conta nas redes sociais. O objetivo é que seja um dos eventos mais fotografados do nosso país.

No mesmo local, e paralelamente, vai decorrer o festival de música “Sound Set Fest”, numa organização da Associação “Em Nome da Rosa”.

Na sexta-feira, dia 27, o Jardim recebe no primeiro dia do festival, a partir das 19 horas, as actuações de Vincent McCallum, Port do Soul e Hill´s Union.

O segundo dia do festival de música “Sound Set Fest” continua no Jardim Portas do Sol, no sábado, 29 de Julho, entre as 18h00 e as 24h00, desta vez com concertos a cargo de Garance Louis e Dani Lança.

E no último dia, domingo, 29, a partir das 16 horas, há pinturas faciais e animação com balões com António Júlio Santos. No mesmo dia e local, pelas 19h00, é a vez de Pedro Magalhães abrilhantar o final de tarde com “Composições originais com Alma”.

In. Movimento – Três meses dedicados à prática do desporto

A iniciativa “Verão In. Str… é um Espanto!” 2018 arranca quinta-feira, 21 Junho, com a actividade “Ayur-Yoga com som”, às 19h00, no Jardim Portas do Sol. Para além desta actividade, de Junho a Setembro, há Yoga para todos (aula aberta), sempre aos sábados, às 11 horas, no Jardim Portas do Sol.

Em simultâneo e no mesmo recinto, a Decathlon, promove animação Desportiva “Pais e Filhos” durante três meses. Estão previstos três grandes eventos. Um marcado já para dia 23 de Junho e outro para o último sábado de Julho. Para encerrar, a 15 de Setembro, há aulas de grupo.

Tome nota dos dias (yoga e animação desportiva): 23 e 30 de Junho; 7, 14, 21 e 28 de Julho; 4, 11, 18 e 25 de Agosto e 1, 8 e 15 de Setembro.

In. Tradição | Inatel – O Mundo Rural na Cidade

O mundo rural vai apoderar-se das ruas do Centro Histórico entre os meses de Junho a Setembro, sempre aos sábados de manhã, das 10h30 às 12h30, com 13 agrupamentos.

Durante o mês de Junho, o In. Tradição em parceria com o Inatel, começa no dia 23, com os Bombos da Golegã e termina no dia 30, com o Rancho Folclórico de Vale Figueira.

No mês de Julho, os quatro sábados, vão ser animados no dia 7, com o Rancho Folclórico do Bairro de Santarém, Graínho e Fontaínhas, seguindo no dia 14, com o Rancho Folclórico da Casa do Povo da Glória do Ribatejo e no dia 21, com o Rancho Folclórico “Camponeses” da Raposa. No último sábado, 28, a animação é do Rancho Folclórico de Vila Nova do Coito.

No auge do verão, ou seja, em Agosto, o Rancho Folclórico da Atalaia de Almoster abre o In. Tradição, no dia 4. Na semana seguinte, no dia 11, é a vez do Grupo de Danças e Cantares Ribatejanas de Santarém. No dia 18, as ruas de Santarém contam com o Rancho Folclórico Regional de Foros de Salvaterra e terminamos o mês com o Rancho Folclórico do Verdelho, no dia 25.

No último mês do “Verão In. Str…é um Espanto!” contamos com a animação do Rancho Folclórico de Covão do Coelho (dia 1), Rancho Folclórico “Os Camponeses” de São Vicente do Paul (dia15) e Rancho Folclórico da Ribeira de Santarém (dia 22).

Serão três meses de autênticas romarias do campo à cidade onde não vão faltar as suas músicas, danças e cantares. Envolvência de uma grande componente gastronómica, mesclando o património imaterial das nossas tradições com o património edificado resultando num museu ao ar livre sempre interagindo com quem anda na cidade e com o comércio local.

“Não se espantem quando os agrupamentos estenderem uma manta em qualquer praça ou rua do Centro Histórico e façam uma merenda como se fazia no campo nos intervalos das actividades tradicionais”.

In. Cidade – Visitas guiadas temáticas

Do programa do “Verão In. Str… é um Espanto!” realce para as visitas guiadas temáticas a título gratuito. Percursos sobre Garrett, azulejos e Alcáçova, em Junho, Agosto e Setembro.

A primeira intitulada “Garrett em Santarém”, realiza-se no sábado, dia 30 de Junho, a partir das 9h30.

A visita que tem início no Jardim da República incide sobre “Santarém na obra do escritor Almeida Garrett”.

As visitas regressam em Agosto, nomeadamente no dia 4, com uma viagem sobre “O Azulejo em Santarém”, a partir das 9h30.  A viagem começa no Mercado Municipal.

O azulejo é um elemento decorativo que adquiriu no nosso país características particulares. Reveste fachadas de edifícios, o interior de igrejas, e seus altares, os bancos de jardins, e é utilizado em placas direcionais e de toponímia.

A sua presença é uma constante no Centro Histórico de Santarém, assumindo grandes dimensões no interior da Igreja de Marvila: “a Catedral do Azulejo Seiscentista”.

Uma caminhada poderá revelar pormenores, que estando visíveis, se tornam mais facilmente percetíveis a um olhar mais atento.

Duração da visita: 3h00 | (Término no Jardim Portas do Sol).

E em Setembro, dia 1, oportunidade de conhecer melhor Alcáçova com o percurso “360º na Alcáçova”, a partir das 9h30, nas Portas do Sol.

A Alcáçova de Santarém, local hoje conhecido como Jardim Portas do Sol foi um local estratégico para o crescimento da cidade e, actualmente continua a sê-lo para a compreensão da sua evolução.

Um percurso pelos seus vários pontos de visita permite-nos ter uma visão abrangente deste local em concreto, mas também da própria cidade e da sua envolvente, aliando espaço de lazer e de descoberta.

Duração da visita: 2h00 | (Término no Jardim Portas do Sol).

Aconselha-se calçado confortável durante as visitas, sendo o nº máximo de participantes 50 pessoas.

Para todas as visitas é necessário efectuar marcação no Posto de Turismo, através  do email: turismo@cm-santarem.pt ou através do telefone 243 304 437.

ScalaBus In.Str com novo percurso

Volta a circular pelo Centro Histórico de Santarém o ScalaBus In. Str, entre 11 de Julho e 8 de Setembro, com um novo percurso, desta vez, com ligação ao Santarém Hotel.

Viagens gratuitas (uma às 10 horas e outra às 11h30) num mini-autocarro que vai permitir à população e visitantes fazerem um circuito turístico pela cidade, de quarta-feira a domingo, numa parceria com a Rodoviária do Tejo.

Este ano, o percurso pode ser descarregado através de um QR Code ou em http://instr.cm-santarem.pt/ no ícone mapa – minibus e ainda na APP da autarquia scalabitana.

O percurso disponível em português, espanhol e inglês permite uma interactividade entre o visitante e o Centro Histórico de Santarém. O mesmo, quando descarregado, permitirá no futuro, visitar os pontos mais emblemáticos do Centro Histórico a pé e obter todas as informações históricas sobre os locais.

In.Downtown – Centro Histórico abre portas à noite

O In. Downtown está de regresso, todas as quintas-feiras, durante os meses de Julho e Agosto, para dar brilho e glamour às ruas do Centro Histórico de Santarém. São nove noites de animação musical e performativa, malabares de fogo, dança, humor e magia, entre outras.

Um programa de animação diversificado e alargado que tem como objectivo reforçar a dinamização do comércio local e da restauração, acolher e envolver munícipes, bem como turistas. Propostas para todos com seis espectáculos a decorrer em simultâneo.

Durante este período as animações na rua decorrem entre as 22 e as 23 horas, contanto sempre (em Julho e Agosto) com animação em São Nicolau do “Atelier Árvore da Vida” e fados, no TasCá.

O In.Downtown inicia no dia 5 de Julho com DCM trio e o seu convidado Fernando Piedade na Praça Velha, com The Town Bar (música folk), no Largo Padre Chiquito, Lis Harris e a sua harpa, na Loja das Tradições e no Largo do Seminário, e com Nelson Pisco e o seu acordeão, no Pátio 102. Pelas ruas do Centro Histórico contamos com a emoção dos Human’Arte com os seus Malabares de Fogo.

No dia 12, Célia Barroca com “IndiFado” actua na Praça Velha, AJA – Associação José Afonso, no Largo Padre Chiquito, Amigos das Tradições, na Loja das Tradições e no Largo do Seminário e “Dá-me música” – Música e Humor de MusicosKamones e Paulo Patrício, no Posto de Turismo de Santarém. Pelas ruas do Centro Histórico os Human’Arte voltam com os seus Malabares de Fogo.

Já no dia 19, Ecstatic Vision e Two Pirates and a Dead Ship (Cartaxo Sessions) sobem ao palco da Praça Velha e os The Nomad Band (World Fusion Music) animam o Largo Padre Chiquito. Os inconfundíveis sons do saxofone de Pedro Santos Rosa vão soar na Loja das Tradições e no Largo do Seminário. No Pátio 102, há Portugal Medieval (…é bestial) da Escola Profissional de Imagem de Lisboa e nas ruas do Centro Histórico, a música está a cargo do Quarteto Nelson Pisco.

Na última quinta-feira de Julho, dia 26, na Praça Velha, contamos com a magia de Manuel Barata. A Banda de Ká do Cartaxo, anima o Largo Padre Chiquito, e no Posto de Turismo, a não perder, uma performance do Teatro de Robertos – “A mais louca corrida do mundo”. Novamente, pelas ruas do Centro Histórico, contamos com a animação dos Human’Arte.

O mês de Agosto inicia-se, musicalmente, com Carina Oliveira, na Praça Velha, com a Banda do Xartinho da Sociedade Musical Recreativa do Xartinho, no Largo do Padre Chiquito e com a Orquestra Improvável pelas ruas do Centro Histórico. O Pátio 102 recebe “Dá-me música” – Música e Humor dos MusicosKamones e Paulo Patrício.

Na semana seguinte, no dia 9, o Veto Teatro Oficina traz-nos Contos de Mário Gin Tónic para a Praça Velha. No Largo Padre Chiquito, Laura Macedo e Marcelo Silva, apresentam um concerto acústico denominado “Rock2night”. Para fãs de feitos extraordinários, a magia de Manuel Barata promete animar os presentes, junto ao Posto de Turismo. Pelas ruas do Centro Histórico teremos a companhia do Quarteto Nelson Pisco.

No dia 16, em parceria com os Cartaxo Sessions, trazemos Vircator (PT) + Fernando (PT) para a Praça Velha. No Largo Padre Chiquito apresentamos “O mundo do Rock improvisado” com Phil Mendrix Band. E, mais uma vez, o Teatro de Robertos apresenta “A mais louca corrida do mundo”, no Pátio 102.

No dia 23, volta Pedro Santos Rosa e o seu saxofone, desta vez na Praça Velha, Xerife actua no Largo Padre Chiquito e a Escola de Dança do CADCA / Nelson Pisco e o seu Acordeão, no Posto de Turismo. Não faltará igualmente os Malabares de Fogo dos Human’Arte pelas ruas do Centro Histórico.

Na última quinta-feira do In. Downtown, dia 30 de Agosto, despedimo-nos com “Sonho Lindo” – La Fontinha, na Praça Velha, “À conversa com Etérea + Concerto Acústico” (um espectáculo em acústico, com novos arranjos musicais e num ambiente intimista, misturando melodias e sonoridades clássicas e góticas, no Largo Padre Chiquito e ainda uma performance do Teatro Leitura Encenada “T1”, no Pátio 102.

In. Agenda – Seis palcos… Centenas de Espectáculos

Seis palcos. Centenas de espectáculos não só no planalto da cidade, mas também na Ribeira de Santarém. Assim vai ser o In. Agenda do “Verão In. Str… é um Espanto!” 2018. Há espectáculos de entrada livre e para todos os gostos no Jardim Portas do Sol, Largos do Seminário e Padre Chiquito, Praça Velha, Pátio 102 e na Ribeira de Santarém.

Da programação destaque para o espectáculo de abertura, no dia 21 de Junho, “EntreMundos”, às 22h00, no Largo do Seminário, organizado pela ArtemRede / PIA – Projetos de Intervenção Artística, CRL.

Cinema às quartas no Largo Padre Chiquito

Aproveite as noites quentes de Julho e Agosto para assistir a um bom filme, todas as quartas-feiras, no Largo Padre Chiquito, numa parceria com o Cineclube.

4 de Julho | 22h00 – Submarino Amarelo de George Dunning;

11 de Julho | 22h00 – Coros do Anoitecer de Nika Saravanja and Alessandro D’Emilia;

18 de Julho | 22h00 – KOYAANISQATSI – A Vida em Desequilíbrio de Godfrey Reggio;

25 de Julho | 22h00 – Como deixar o mundo seguir em frente e amar todas as coisas que o Clima não pode mudar? de Josh Fox;

1 de Agosto | 21h45 – POWAQQATSI – A vida em Transformação de Godfrey Reggio;

8 de Agosto | 21h45 – Rio Azul: Pode a moda salvar o planeta? de David McIlvride e Roger Williams;

15 de Agosto | 21h45 – NAQOYQATSI – A vida em Guerra de Godfrey Reggio;

22 de Agosto | 21h45 – O Poder de Amanhã de Amy Miller;

29 de Agosto |21h45 – Tudo Pode Mudar de Avi Lewis.

“In.Somnio”

Outro espectáculo a não perder é o “In.Somnio”, no dia 6 de Julho, às 22 horas, no Auditório do Jardim Portas do Sol, pelo Teatro Mar – Grupo de Teatro de Rua de Sines.

“Em “In.Somnio” através de uma linguagem poética e sensitiva, debruçamo-nos sobre o sono e o sonho, ancorando-nos, entre outros, em estudos da neurociência e da filosofia. Um cruzamento entre o que a ciência consegue revelar, com um lugar metafísico, supra-sensível, que nos aproxime da natureza primordial do ser. Emerge, da experiência artística, uma espécie de saudade de um lugar essencial de onde vimos e onde queremos regressar. Paisagens de silêncio e plenitude. Uma busca de reconhecimento e equilíbrio entre o corpo e o espírito, o peso e a leveza, a escuridão e a luz, o esquecimento e a memória. Em meio, a exposição da imensa beleza da fragilidade humana e a efemeridade da existência. Um lugar identitário, que reconhecemos, em cada respiração”.

Interpretação de Carlos Campos, Luís João Mosteias, Sandra Santos e Sérgio Vieira. Companhia Financiada por DGArtes / Ministério da Cultura, Câmara Municipal de Sines, apoio à Criação Festival Imaginarius 2018.

Apoios Junta de Freguesia de Sines / Repsol / Kalorias Club / IberCoal / Escola das Artes / Safira Health Club / Restaurante Cais da Vill.

Rock e Metal no Jardim Portas do Sol

No âmbito dos concertos não vai faltar o rock e o metal com o evento “Rock da Velha In. Str” – Música Velha de Pernes, no dia 13 de Julho. A partir das 22 horas, sobem ao palco do Auditório do Jardim Portas do Sol, Cruz de Ferro e Low Torque.

E no dia 25 de Agosto, às 21h45, há Battle Session II com Grievence| Black Metal e All Against (New Vibrations e Cordas de Aço), no mesmo espaço.

Em Setembro, dia 13, os Cartaxo Sessions trazem ao Auditório do Jardim Portas do Sol, Matt Holliwood & The Bad Feelings (USA) e Pretty Lightning (UK), a partir das 21h30.

Custódio Castelo, Três Bairros, Pedro Barroso e Olav Bilac no Largo do Seminário

Num outro ritmo, Custódio Castelo, um dos grandes intérpretes da tradição da guitarra portuguesa actua no Largo do Seminário, no dia 20 de Julho, às 22 horas.

Mais um grande concerto no Largo do Seminário, na sexta-feira, dia 17 de Agosto, às 21h45, com o grupo scalabitano Três Bairros. O trio é composto por Guilherme Madeira na voz, Ricardo Gama na guitarra portuguesa e João Correia na viola. Nasceu em 2015 e tem uma sonoridade ligada ao fado, mas com influências de outras sonoridades da world music.

No dia 24 de Agosto, também às 21h45, o cantor e compositor Pedro Barroso actua no palco do Largo do Seminário. Com quase 50 anos de carreira, Pedro Barroso foi uma das vozes de Abril, cantor de intervenção e defensor da liberdade.

Agosto despede-se com o cantor português, Olav Bilac, o conhecido vocalista da banda Santos & Pecadores, dia 31 de Agosto, às 21h45, no Largo do Seminário.

Memorável será também a Gala de Dança Desportiva da Associação de Dança Desportiva de Tremês, no dia 1 de Setembro, às 21h30, no Auditório do Jardim Portas do Sol.

Ainda no mês de Setembro destaque para o Tributo a Carlos Santana com participação dos Charruas e Phil Mendrix, no Largo do Seminário, às 21h30, numa organização de João Madeira.

I Festival de Estátuas Humanas de Santarém – 4 Mundos embelezam ruas do Centro Histórico

Pela primeira vez, as ruas Serpa Pinto e Guilherme de Azevedo, são ocupadas por estátuas vivas para a primeira edição do Festival de Estátuas Humanas de Santarém, nos dias 10 e 11 de Agosto. O evento organizado pelos “Quideia” traz ao Centro Histórico desta cidade milenar 15 artistas, nos dias 10, entre as 21h00 e as 23h30 e 11, entre as 17h30 e as 20h00.

Doze das mesmas vão estar a concurso, havendo um prémio para o mais votado pelo público e outro prémio atribuído por um júri.

As outras três estátuas são artistas convidados, consagrados com vários prémios em Portugal e pelo mundo.

Todas as estátuas vão estar distribuídas por quatro mundos distintos, onde o público poderá contemplar a beleza das estátuas mais clássicas, rir-se com as cómicas, identificar-se com o lado mais contemporâneo e por último, receber os nossos convidados especiais e dar-lhes a conhecer o público scalabitano.

No dia 11, no final do evento todas as estátuas vão reunir-se no palco do Largo Padre Chiquito, às 20 horas, para a revelação dos vencedores.

As 15 estátuas vivas dão a conhecer narrativas inspiradas no mundo: “Um Passeio pelo passado”; “O Lado Contemporâneo”; “O Canto Doce”, “Pelas Ruas de Portugal”, “Ilustres Convidados”; “Os virtuosos” e “Rua das virtudes”.

Não perca a oportunidade de apreciar esta arte e de votar no seu preferido.

Durante o evento não vai faltar a animação. No dia 10, pelas 21h45, Malabares de Fogo pelos Human’Arte, nas ruas do Centro Histórico e Trio de Forró, na Praça Velha.

No Largo Padre Chiquito também às 21h45, “Deambulando” com Mr Fortez TrioPlus.

No dia 11, actua a Orquestra Improvável, nas Ruas Serpa Pinto e Guilherme Azevedo, a partir das 18 horas. 

In. Arte – “In. Str Street Art”

Nos dias 30 de Junho, 1 e 2 de Julho, o Centro Histórico de Santarém acolhe o projecto de Arte Urbana “In. Str Street Art”.

Serão intervencionados quatro painéis colocados na cidade, dois no Largo do Seminário e outros dois na Rua Pedro Canavarro (Jardim da Liberdade). Há igualmente uma intervenção conjunta no muro do Circulo Cultural Scalabitano.

Caver, um artista com um estilo muito próprio ligado à ilustração, Gonçalo Mar no seu surrealismo, Smile com o hiper-realismo e Bigod na técnica de stencil, farão uma interpretação do tema “Artes de Palco” escolhido para a edição deste ano.

Horários: 30 de Junho (das 18 às 20 horas) e dias 1 e 2 de Julho (das 10 às 20 horas).

Expo Coletiva In. Artes

O Palácio Landal, em Santarém é palco da Expo Coletiva In. Artes, cuja inauguração está marcada para dia 28 de Junho, às 21h30.

Trata-se de uma exposição colectiva com obras de todos os artistas que integraram o In. Artes, nas diferentes galerias, desde a primeira edição do “Verão In Str… é um Espanto!” em 2015.

A exposição, que pode ser visitada até 23 de Setembro, nas três salas do Palácio Landal, é composta por pinturas, desenhos e esculturas.

Exposição “Tejo…Vida e Agonia de um rio” nas Portas do Sol

O Jardim Portas do Sol serve de cenário à exposição fotográfica de rua “Tejo…Vida e Agonia de um rio”, curadoria de Paulo Semblante Mendes, de 14 de Julho a 14 de Setembro.

São 28 fotografias distribuídas por quatro painéis/módulos temáticos: Memórias – Fotos de José Gaspar; Paisagem – Fotos de António Ribeiro; Avifauna – José Freitas e Poluição – Arlindo C. Marques.

A exposição é constituída por um conjunto de fotografias, que retrata e representam a visão dos autores sobre o rio Tejo, bem como, e através da imagem suas preocupações e que ao mesmo tempo consciencializam para conservação do rio e seu ecossistema como património a preservar.

Pictorin – Encontro Internacional de Artistas Plásticas

Este ano, outra das novidades da iniciativa “Verão In Str… é um Espanto!”, é o “Pictorin” – Encontro Internacional de Artistas Plásticos em Santarém, que terá lugar de 1 a 10 de Setembro com 13 artistas oriundos do Brasil, Dinamarca, Inglaterra, França, Polónia, Nigéria e Portugal. Um projecto dos artistas plásticos, Fernanda Narciso, Mário Rodrigues e Francisco Pereira.

Os artistas vêm fundamentalmente trabalhar o Centro Histórico: vê-lo e recriá-lo.  As ruas vão servir de cenário.

A Incubadora d’ Artes, na antiga Escola de Salvador, será o “quartel general” para as reuniões do grande grupo.

O evento conta ainda com pintores da nossa terra que se vão juntar aos outros artistas para troca de impressões, conversas artísticas e novas ideias.

O evento culmina com duas exposições. Uma, no W Shopping, subordinada ao tema “Como eu vi Santarém” e outra, no Centro Cultural Regional de Santarém, onde culmina o evento.

As exposições vão ficar patentes ao público até ao dia 20 de Setembro.

PUBLICIDADE
info, , , , , , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS