A empresa municipal Viver Santarém vai passar a gerir todas as infra-estruturas desportivas do concelho, deixando para o município a realização de eventos como o Festival Nacional de Gastronomia, as festas do concelho e a iniciativa Contos e Lendas.

A Viver Santarém, presidida por Carlos Coutinho, salienta que se vai focar na promoção de um maior número de eventos desportivos, assumindo a gestão não só do complexo aquático municipal, das piscinas do Sacapeito, do pavilhão e nave desportivas e do pavilhão da antiga Escola Prática de Cavalaria (EPC), como até aqui, mas também dos campos de futebol da Ribeira de Santarém e Chã das Padeiras.

Acrescenta ainda os pavilhões desportivos e polidesportivos das escolas básicas Mem Ramires, D. João II e Alexandre Herculano (nos horários pós-escolares), os polidesportivos de prática livre existentes no concelho, o campo de rugby na ex-EPC e o campo na Escola Superior Agrária, bem como a manutenção das ciclovias.

O contrato-programa aprovado pelo município na passa segunda-feira cresce, assim, para os 780 mil euros, tendo, ainda, em conta a expectativa de diminuição de receita devido à pandemia e o aumento das despesas com pessoal, tanto pelo aumento do salário mínimo como pela necessidade de contratação de novos funcionários.

O orçamento da empresa, superior aos 2,6 milhões de euros, prevê cerca de 1,8 milhões de euros resultantes da prestação de serviços.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…