Um grupo de voluntárias que integra o atelier de costura solidária da Universidade Sénior de Salvaterra de Magos, confeccionam vestuário destinado a crianças de países desfavorecidos, no âmbito do projeto “Dress a Girl Portugal”.

O compromisso inicial era criarem 40 kits de vestuário para serem doados a crianças da República Centro Africana mas o resultado superou largamente as expectativas, uma vez que conseguiram confecionar 177 conjuntos.

Tal só foi possível graças ao empenho deste grupo de cerca de duas dezenas de voluntárias que, em tempo de pandemia, não baixaram os braços e, a partir de casa, dedicaram corpo e alma a mais uma actividade, confeccionando peças de vestuário para crianças de países desfavorecidos. Para este resultado, foi igualmente fundamental a colaboração de munícipes e empresas do concelho que têm doado tecidos e materiais para a confecção dos vestidos e calções.

PUBLICIDADE

O presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio, juntamente com o presidente da União das Freguesias de Salvaterra de Magos e Foros de Salvaterra, Manuel Bolieiro, visitaram, no final da semana passada, as instalações da Universidade Sénior, onde decorreram os preparativos para a entrega dos kits, para agradecer pessoalmente o trabalho que o grupo de voluntárias vêem desenvolvendo.

Os kits confecionados contêm a etiqueta Dress a Girl e incluem uma bolsa em tecido, uma máscara social infantil, uma peça de roupa interior, um vestido ou um calção. A organização procura que as entregas sejam documentadas em fotografias e vídeos, considerando que esta constitui a principal via de reconhecimento de todos os participantes directos e indirectos no projecto Dress a Girl Portugal.

Esta actividade junta-se a outras já realizadas pelo grupo de Salvaterra de Magos no âmbito do projecto a nível nacional, tendo até ao momento entregue mais de duas mil peças de vestuário. E não vão ficar por aqui, porque a produção de vestidos e calções continua, sempre focadas no objectivo de proporcionar sorrisos a mais crianças.

O trabalho de parceria desenvolvido pela Dress a Girl Portugal com organizações não governamentais de carácter social, entidades públicas e privadas e sociedade civil, tem permitido alargar o seu apoio a um maior número de crianças, sendo que, segundo dados da DAG-P, desde que iniciou atividade até dezembro de 2020, foram feitos e entregues mais de 53 mil vestidos e mais de 25 mil calções em vários países do Mundo.

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…