72 atletas olímpicos brasileiros já treinam no Rio Maior Sports Center

Já se encontram nas instalações do Rio Maior Sports Centre (RMSC) os primeiros 72 atletas brasileiros que vão estagiar na Missão Europa do Comité Olímpico Brasileiro (COB).

Os primeiros atletas chegaram no passado sábado, 18 de Julho, após cumprirem o rigoroso protocolo de saúde estabelecido pelo COB, em conjunto com a equipa médica do RMSC, naquela que será a base principal da missão brasileira na Europa durante os próximos meses.

Os atletas iniciaram os treinos na segunda-feira e as primeiras modalidades a usufruir das instalações do Rio Maior Sports Centre são a natação, a natação artística, o judo e o boxe.

PUBLICIDADE

Os atletas, equipas técnicas e staff de apoio estão alojados no centro de estágios, treinando em instalações como o pavilhão polidesportivo, piscina olímpica, estádio municipal e salas de desportos de combate, entre outras, usufruindo, também, dos muitos serviços que proporcionamos aos desportistas de alto rendimento.

Em comunicado, o RMSC refere que para toda esta organização, foi também muito importante a acção do Comité Olímpico de Portugal, que apoiou toda esta Missão, que traz a Portugal os melhores atletas brasileiros em estágio em Rio Maior e também em Coimbra, Cascais e Sangalhos.

“As condições de treinamento no Rio Maior Sports Centre são as melhores possíveis. Os nossos atletas terão tranquilidade e segurança para retomarem sua preparação visando os Jogos Olímpicos de Tóquio: hospedagem, alimentação e toda uma estrutura de apoio”, assinala Paulo Wanderley, Presidente do COB.

“A primeira vez que estive aqui foi em 2010. Agora, passados dez anos, eles evoluíram muito. As instalações têm uma qualidade ainda maior, com aparelhos de musculação e estrutura de fisioterapia mais modernos. E uma das coisas que mais chama a atenção neste CT é o tratamento dos funcionários, que têm um carinho especial pelos atletas e providenciam tudo que você precisa” declarou à chegada a Portugal, Marco La Porta, vice-presidente do COB.

Para o RMSC, este reconhecimento, por parte dos principais responsáveis do Comité Olímpico Brasileiro, “deixa-nos orgulhosos e com um ainda maior sentido de missão, criando aqui em Rio Maior as melhores condições para todos os nossos campeões!”.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS