A Associação Académica Santarém obteve pelo terceiro ano consecutivo a certificação como Entidade Formadora de três estrelas, ao abrigo do processo de certificação da Federação Portuguesa de Futebol, cumprindo os objectivos obrigatórios exigidos a um clube somente de formação.

Numa das épocas mais difíceis quer ao nível desportivo, social, económico, sanitário, a Académica de Santarém voltou a obter uma certificação importante para a sua base de formação de futebolistas jovens.

“Por todo o contexto vivido no último ano, esta certificação tem um sabor muito especial, somos um clube amador, mas que trabalha com muito profissionalismo e é essa a nossa forma de estar no desporto, esta certificação é mais um incentivo que nos traz força para enfrentar as condições adversas que vivenciámos e que ainda iremos vivenciar”, destaca uma nota do clube, que deixa ainda um especial agradecimento aos coordenadores técnicos, Fernando Santos e Leonel Madruga “por toda a planificação e operacionalização de um plano realista e conciso, que permitiu a centenas de atletas desenvolver a sua actividade física e por consequência fortalecer o seu sistema imunológico e cognitivo”, destaca uma nota de imprensa do clube.

PUBLICIDADE

A briosa destaca ainda toda a estrutura técnica, desde os treinadores, adjuntos, estagiários e todo o departamento médico.

“Vocês tem sido inexcedíveis e os melhores do mundo. A vossa capacidade adaptação foi extraordinária e é nestes momentos que se distinguem os bons dos “Special One”!”, refere a mesma nota.

Os “briosos” atletas também não são esquecidos por serem a parte fundamental de todo o processo.

“Foram fantásticos, souberam compreender e acreditar nesta estrutura e aceitar todas as condicionantes de forma exemplar! Vocês são aquela malta da ….. de aço! É este enorme sentido de compromisso e esta enorme família Briosa que nos faz ser diferentes! E como Académicos que somos, partilhamos os critérios exigidos para esta certificação, para que se perceba o trabalho transparente de dezenas de pessoas que trabalham diariamente com o objectivo de criar as condições ideais aos nossos atletas e tornar este clube uma das referências do desporto de formação em Portugal”, conclui a mesma nota.

Mais do que a atribuição de estrelas, a certificação de entidade formadora da FPF ajuda os clubes a melhorar o seu processo de formação de atletas. Tem como principal objectivo “distinguir as entidades de formação, de futebol e futsal para jovens até 19 anos, de acordo com o nível de qualidade do processo formativo”. Visa uma melhor organização quer do processo formativo quer dos processos internos dos vários clubes, impactando não só no trabalho diário como também na imagem que é transmitida para o exterior.

PUBLICIDADE
Leia também...

Árbitro ribatejano apita jogo entre Estrela da Amadora e SL Benfica

João Bento, árbitro da Associação de Futebol de Santarém, vai apitar o…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…

A festa dos adeptos do Sporting em Almeirim (C/FOTOS)

O Sporting Clube de Portugal sagrou-se campeão nacional, na noite do passado…

Jogador do Alverca caiu inanimado no jogo contra o U. Almeirim

O jogador do Alverca Alex Apolinário caiu hoje inanimado durante o jogo…