750 escuteiros reunidos em Rossio ao Sul do Tejo

Cerca de 750 escuteiros com idades entre os 06 e os 14 anos participaram no passado fim-de-semana na XV edição da actividade ‘Escapadinha dos Mourões’, promovida pelo agrupamento n.º 697 de Rossio ao Sul do Tejo, do Corpo Nacional de Escutas.

O Hipódromo dos Mourões, na margem do rio Tejo acolheu lobitos e exploradores provenientes de 25 agrupamentos de vários pontos do país, sendo a maioria do distrito de Santarém, que além da região escutista de Santarém também engloba parte da de Portalegre e Castelo Branco. As outras regiões presentes foram as do Porto, Lamego e Coimbra.

Aos agrupamentos de escuteiros que fazem parte da área geográfica do Ribatejo: Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, Santa Margarida, Alferrarede, Chainça, Tramagal (região escutista de Portalegre e Castelo Branco), Chancelaria, Entroncamento, Alcanhões, Várzea, Golegã, Benfica do Ribatejo, Marinhais, Alpiarça, Almeirim, Vila Nova da Barquinha, Torres Novas, São João da Ribeira e Fazendas de Almeirim (região escutista de Santarém), juntaram-se agrupamentos de outras zonas do país como Lamego (região escutista de Lamego), São Romão (região escutista do Porto), Portalegre, Proença-a-Nova e Idanha-a-Nova (região escutista de Portalegre e Castelo Branco), nesta que já é uma actividade de referência a nível nacional para as secções escutistas dos lobitos (6 aos 10 anos) e exploradores (11 aos 14 anos).

O tema do acampamento deste ano foram os ‘tanoeiros’, mestres de uma actividade outrora próspera naquela localidade do concelho de Abrantes. Esta actividade anual insere-se nas comemorações da freguesia de Rossio ao Sul do Tejo, actualmente agregada em união de freguesias com a de São Miguel do Rio Torto e trata sempre um tema do quotidiano, história e tradição desta localidade.

As várias actividades realizadas pelos participantes levaram a conhecer a localidade e ao contacto com os locais, que uma vez por ano já se habituaram a ver o Rossio com muitos escuteiros, não só na zona ribeirinha, onde se concentra o acampamento, mas um pouco por toda a malha urbana.

 

 

info, , , , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS