Foi em ambiente de grande festa que ficou assinalado o regresso da Santarém Cup, uma organização da Associação Académica de Santarém (AAS), que trouxe à cidade cerca 60 equipas e cerca de 900 atletas de clubes de norte a sul do País, incluindo os chamados ‘três grandes’.

A oitava edição do torneio, que decorreu entre os dias 13 e 16 de Abril, teve a presença do padrinho Paulo Futre, antigo futebolista internacional português. Também, Jaime Simões e Marta Melão, embaixadores do torneio, fizeram questão de marcar presença na cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores.

No escalão de sub-8, o único jogado em futebol 5, foi o FC Porto que levou a melhor sobre o Sporting CP. A equipa nortenha acabou por repetir o feito no escalão sub-10 onde também se sagrou vencedor após grandes penalidades. Em sub-11, foi o Ança FC a levar o troféu de vencedor para casa. Em Infantis, a vitória no torneio sorriu à equipa organizadora que levou a melhor na final e conquistou o troféu.

O torneio, que este ano só contou com equipas portuguesas, foi jogado nos campos da Escola Agrária, campo de Santa Iria da Ribeira de Santarém e no campo da Moçarria.

Em declarações, através dos canais de comunicação do clube, Carlos Esteves, presidente da Associação Académica de Santarém, faz um balanço positivo do torneio que regressou após dois anos de suspensão devido à pandemia Covid-19.

“É um balanço extremamente positivo, o torneio correu lindamente de um modo geral. Não somos profissionais e tentamos sempre que corra tudo pelo melhor. Tivemos um grande afluência de público, até acima daquilo que era normal, também devido ao bom tempo que tivemos ao longo destes dias”, refere o dirigente.

“Este torneio foi possível de concretizar devido a um grupo de trabalho extraordinário que durante meses e meses trabalhou em prol deste torneio, mas também dos nossos parceiros que são de extrema importância para a concretização do evento, entre eles a Borrego Leonor & Irmão, a Câmara Municipal de Santarém, a União de Freguesias de Santarém, a Águas de Santarém, a Viver Santarém e depois todos os outros que se quiseram associar a esta iniciativa. Sem estes parceiros e sem este staff, cerca de 100 pessoas, nada disto era possível fazer desta forma e o meu agradecimento a todos eles”, assinala.

A Académica de Santarém aproveitou a cerimónia final para anunciar mais um desafio para os próximos anos, a implementação do futebol feminino no clube.

Segundo Carlos Esteves, presidente da AAS, este é um sonho antigo do clube que terá início a partir da próxima época.

“É um sonho nosso que e iremos começar a incrementar a partir da próxima temporada. Iremos começar dos escalões inferiores e ir subindo gradualmente ao longo do tempo. Queremos que seja um sucesso e já temos uma estrutura pensada para realizar este nosso desejo”, assegura o responsável.

O clube irá agora iniciar um trabalho de promoção do futebol feminino, através de parcerias com os clubes da região que já tem a modalidade implementada.

A oitava edição do Santarém Cup pretendeu ainda ficar marcada pelo regresso à normalidade. O clube criou uma Funzone ao longo dos dias de torneio, onde jogadores e visitantes poderão desfrutar de animação, momentos musicais, refeições e bar. A iniciativa decorreu no Campo Emílio Infante da Câmara, onde também decorreu a apresentação das equipas integrantes do torneio.

Leia também...

Atleta do Santarém Basket Clube morre aos 13 anos de idade

Henrique Francisco, atleta do Santarém Basket Clube, faleceu no passado domingo, 11…

Atleta do Vale de Santarém assina contrato profissional com o SL Benfica

Henrique Sá iniciou o seu percurso desportivo no SL Cartaxo.

Par de Santarém conquista recorde para Portugal no Campeonato do Mundo das 10Danças

O par Francisco Ramos & Leonor Gonçalves conquistou o 13º lugar na…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…