O maior e mais abrangente torneio de futsal de formação voltou a Santarém

O Vitória Clube de Santarém organizou nos passados dias 8, 9 e 10 de Junho o Vitória Futsal Cup Masters Gold Edition 2019, aquele que é aclamado como o maior e mais abrangente torneio de futsal de formação do País, e o balanço volta a ser avassaladoramente positivo, incorrendo numa agradável recorrência: ano após ano, o último tem sido invariavelmente, sem dúvidas, “o melhor de sempre”.

Durante três dias, em dois pavilhões com ininterrupta actividade simultânea, todos os recordes das edições anteriores foram batidos, com mais de 750 atletas de sete escalões etários a desfilar em Santarém, em representação de 50 equipas provenientes de 18 distritos de Portugal Continental e Ilhas, disputando-se um total de 101 jogos e firmando-se um sem-fim de novas amizades.

Verdadeiramente impressionante foi a média de espectadores que, diariamente, logo a partir das 09h00 até por volta das 22h00, foi compondo a Nave e o Pavilhão municipais, numa extraordinária moldura humana à qual se juntam as milhares de pessoas que puderam também acompanhar as ocorrências em directo, através dos parceiros Migas & Companhia e W Sports, números que devem ser motivo de orgulho pela mobilização criada no concelho de Santarém e pela promoção da modalidade e dos nomes do clube e da cidade, uma das missões que o Vitória se propõe incansavelmente desde a sua fundação.

Declarações de António Pardelhas

18 distritos representados em Santarém

Nesta edição especial alargada do Vitória Futsal Cup Masters, como comemoração dos primeiros cinco anos de um formato que se propõe os clubes de cada distrito com maior número de atletas de futsal federados, estiveram representadas 18 associações distritais de Portugal Continental (Algarve, Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu) e Açores (estreia do Clube Boavista de São Mateus, da AF Horta), fenómeno que faz com que a riqueza do evento tornasse a extravasar o mero plano desportivo, assumindo-se como uma enriquecedora e inesquecível experiência de partilha social e cultural entre jovens provenientes de todos os pontos do País.

Este conceito pioneiro e singular de torneio desenvolvido pelo Vitória, que assenta na reunião dos clubes de cada distrito com mais atletas de futsal federados, proporciona que, em Santarém, a centenas de quilómetros das terras natais dos diversos clubes envolvidos, se assistam a embates em que os vários extremos do País se abraçam, com um impacto nacional de tal monta, que, de acordo com vários testemunhos recolhidos ao longo do evento, o Vitória Futsal Cup Masters é já para muitos jovens o ponto alto e o objectivo-mor do calendário anual dos seus clubes.

Novamente alicerçado no reconhecido dinamismo, na criatividade e na capacidade de organização do Vitória Clube de Santarém, o projecto voltou a assentar na coesão e na minuciosa articulação de um fantástico staff composto por quase uma centena de elementos, que tornou a emprestar inúmeras horas de insuperável sacrifício, dedicação e paixão clubística, num trabalho que mereceu amplos elogios dos participantes e que é já imagem de marca nos eventos promovidos pelo emblema azul.

Campeões europeus não faltaram à chamada

Detendo o actual estatuto de 2.º maior clube do País em número de atletas federados, o Vitória Clube de Santarém, clube organizador, voltou a honrar o seu estatuto de escola de futsal de referência, registando participações meritórias, ainda que, pela primeira vez, não tenha conseguido engrossar a a posição enquanto emblema com maior número de títulos no Masters.

Na galeria de vencedores, nota para a estreia vitoriosa do Sport Lisboa e Benfica na prova, arrebatando o troféu de traquinas, num evento que convocou alguns dos mais históricos emblemas do desporto nacional.

De resto, foram vários os ilustres membros da Comissão de Honra desta edição “dourada” do Vitória Futsal Cup Masters que, ao longo dos três dias, pontificaram em Santarém, disponibilizando-se para proporcionar alguns momentos especiais aos craques de palmo e meio, como foram os casos dos padrinhos Tunha e Bebé, campeões europeus de futsal em título, que marcaram presença no dia 10.

Quanto à Federação Portuguesa de Futebol, esteve representada pelo director para o futsal Pedro Dias e pelo melhor seleccionador do mundo, Jorge Braz, além do técnico nacional José Luís Mendes.

Já a projectar a 6.ª edição do Vitória Futsal Cup neste pioneiro formato Masters, sobra mais uma vez ao Vitória Clube de Santarém a sensação de dever cumprido e o deleite de absorver os inúmeros elogios e o reconhecimento de todo o País por mais uma página extraordinária na afirmação do futsal jovem português.

Como se ouvia nas bocas dos responsáveis da esmagadora maioria dos clubes participantes, mais do que o maior, o Masters é já o melhor torneio de futsal de formação de Portugal!

Os vencedores do Vitória Futsal Cup Masters Gold Edition 2019:

Petizes: 1.º, Internacional SC (AF Évora). Melhor marcador: Diogo Pereira (Internacional SC). Melhor defesa: Internacional SC.

Traquinas: 1.º, SL Benfica (AF Lisboa). Melhor marcador: Salvador Miranda (SL Benfica). Melhor guarda-redes: Afonso Barbosa (GD Baronia).

Benjamins: 1.º, CF Oeiras (AF Lisboa). Melhor marcador: Bernardo Cristóvão (Leões Porto Salvo). Melhor guarda-redes: Filipe Gal (CF Oeiras).

Infantis: 1.º, UD Castromarinense (AF Algarve). Melhor marcador: Simão Nogueira (GCR Nun’Álvares). Melhor guarda-redes: Tomás Barker (UD Castromarinense).

Iniciados: 1.º, CRC Quinta dos Lombos (AF Lisboa). Melhor marcador: Duarte Nunes (Vitória C. Santarém). Melhor guarda-redes: Filipe Oliveira (PARC Pindelo).

Juvenis: 1.º, Internacional SC (AF Évora). Melhor marcador: Sérgio Nascimento (CSP Vila Flor). Melhor guarda-redes: Tiago Nogueira (Internacional SC).

Juniores masc.: 1.º, CR Piedense (AF Setúbal). Melhor marcador: Octávio Júnior (CR Piedense). Melhor guarda-redes: Luís Guedes (VItória C. Santarém).

Prémio Fair-play/Plano Nacional de Ética no Desporto: Pedro Mesquita, treinador do CRC Quinta dos Lombos (AF Lisboa).

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS