Adelino Cardoso comemora um centenário de vida

A Quinta de Valmonte, uma residência sénior situada nos Casais da Besteira, em Santarém, comemorou no passado dia 15 de Maio o centésimo aniversário de um dos seus utentes, Adelino Jesus Cardoso.

Adelino Cardoso, nasceu no Pinheiro Grande, concelho da Chamusca, numa família de seis filhos, quatro raparigas e dois rapazes, três dos quais ainda vivos. Para ajudar a família teve de começar a trabalhar ainda muito jovem, no campo, como servente de pedreiro, pescador à rede e numa pedreira em Tancos, aldeia onde assentou praça em 1939 com 20 anos e berço da paixão que teve aos 19 anos pela sua futura companheira de vida, com quem veio a casar-se em 1942 e de quem teve dois filhos.

Concorreu à PSP sendo alistado em Lisboa, cidade primeira de muitas por onde passou no exercício da profissão sempre acompanhado da família. Foi sempre um homem de sensibilidades para a música e pintura, fez parte da banda do exército durante o tempo que lá permaneceu. Foi transferido, a seu pedido, para Santarém quando os filhos vieram estudar, cidade onde permaneceu até aos dias de hoje.

PUBLICIDADE

Homem dedicado à família, entre 1967 e 1969 contudo esteve afastado da mesma, pois foi para Angola na companhia móvel da polícia. Esteve 3 anos em Bembo, Luquembo e Malange. Regressou em 1969 para junto da sua família e reformou-se três anos depois de ter regressado a Portugal. Acompanhou sempre o crescimento dos filhos e dos cinco netos e passou a ter como hobbie viajar com a sua esposa.

A partir de Dezembro de 2011, com a sua esposa, passou a fazer parte da família valmonte.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS