O Agir+ está a promover um estudo sobre os residentes ciganos do bairro de Vale de Estacas, em Santarém.

A iniciativa promovida, através da actividade ReConstruir, está a levar a cabo acções de rua com a implementação de entrevistas a alguns representantes da comunidade cigana e com a aplicação de inquéritos por questionário aos residentes ciganos, no âmbito do aprofundamento do diagnóstico do território.

A “Caracterização da comunidade cigana do bairro de Vale de Estacas: estudo exploratório”, nasceu de uma parceria do projeto Agir+ E8G, com a Escola Superior de Educação de Santarém (Instituto Politécnico de Santarém) e conta com a colaboração de duas estagiárias do curso de Educação Social.

“Apesar da evolução sentida nos últimos anos, continuam a registar-se níveis elevados de discriminação, pobreza e exclusão social de muitas pessoas e famílias ciganas, bem como um forte desconhecimento e desconfiança entre pessoas não ciganas e pessoas ciganas”, refere um nota da Estratégia Nacional para a Integração das Comunidades Ciganas.

PUBLICIDADE

O organização diz que parte para a iniciativa, com a premissa de que é “essencial o conhecimento dos diversos contextos sociais e factores socioeconómicos para a promoção da inclusão social das pessoas ciganas”.

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…