O Agrocluster Ribatejo vai realizar no próximo dia 5 de Fevereiro, em Torres Novas, um workshop onde pretende preparar as empresas do sector agro-alimentar para os desafios da internacionalização. O evento integra-se no AgriRenaissance, projeto europeu financiado pelo Interreg EUROPE.

A ambição e o desafio da exportação nem sempre é um processo simples para aqueles que se decidem por este caminho. É neste sentido que o Agrocluster Ribatejo, ao abrigo do projeto europeu AgriRenaissance, vai realizar nas instalações da NERSANT em Torres Novas, um workshop onde pretende preparar as empresas para o desafio da internacionalização.

PUBLICIDADE

O programa do evento integra, pelas 16h00, o discurso de abertura por parte do Presidente da Direção do Agrocluster, Carlos Lopes de Sousa, seguindo-se a apresentação do projeto europeu AgriRenaissance.

A sessão prosseguirá com a SGS na exposição do tema – como gerir o risco da internacionalização – através da partilha das causas típicas de insucesso e dos requisitos regulamentares dos países destino. Para além disso, o seminário vai ainda evidenciar os aspetos relevantes a considerar no controlo de qualidade e segurança alimentar dos produtos para exportação. No final da sessão, o Agrocluster Ribatejo vai assinar um protocolo com esta entidade.

De referir que este woirkshop é realizado ao abrigo do AgriRenaissance – “Innovation-driven agri-food sectors for a European industrial renaissance”, projeto europeu que o Agrocluster Ribatejo integra e que pretende promover o desenvolvimento de toda a cadeia agroalimentar em cinco regiões da Europa.

O projeto, subsidiado pelo programa de financiamento europeu Interreg EUROPE, visa influenciar e contribuir para a elaboração das políticas europeias, nomeadamente na construção das futuras oportunidades de financiamento europeu, abordagem que facilitará o aparecimento de novas cadeias de valor intersetoriais, bem como a geração de redes de cooperação nas regiões, e evitando duplicações no investimento em I&D.

Aumentar os recursos de investigação e inovação, melhorando as infraestruturas e competências, estimular a colaboração público-privada para alcançar a excelência em I&D, e hibridizar o setor agroalimentar com outros setores industriais a nível regional e da UE, capitalizando competências e infraestruturas complementares de D&I de modo a permitir o aparecimento de novas cadeias de valor transfronteiriças e intersectoriais, são os objetivos do projeto.

As inscrições no seminário são gratuitas e podem ser feitas no portal da NERSANT em www.nersant.pt. Para mais informações, os interessados podem contactar o Agrocluster Ribatejo através dos contactos geral@agrocluster.com ou 249 839 500.

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Jogador do Alverca em estado grave no hospital após paragem cardiorrespiratória

O futebolista brasileiro Alex Apolinário, do Alverca, encontra-se em estado grave e…

Distrito de Santarém apenas com um concelho em Risco Muito Elevado

O Governo reviu ontem a listagem dos concelhos de risco e o…