Alpiarça assinala centenário da morte de Carlos Relvas

O Município de Alpiarça assinala no próximo dia 14 de Dezembro, o centenário da morte de Carlos Relvas, o segundo filho do republicano, político e diplomata José Relvas.

As comemorações acontecem na Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça onde vai decorrer um programa de evocação do jovem fotografo e pianista.

Pelas 15h30, será apresentado o livro “O Filho da República”, uma obra da autoria de Carlos Céu e Silva. Após a apresentação, a pianista Margarida Prates irá interpretar peças de Beethoven e Liszt.

PUBLICIDADE

As entradas são gratuitas mas sujeitas a reserva.

Carlos de Loureiro Relvas, o segundo filho de José Relvas e Eugénia da Silva Mendes de Loureiro, nasceu a 13 de Dezembro de 1884, na vila da Golegã.

Beneficiou de uma educação excepcional ministrada por professores particulares, à semelhança de seu pai. Em 1902, viaja para Leipzig, na Alemanha, onde frequenta Curso Superior de Piano. Suicida-se a 14 de Dezembro de 1919.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS