O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, assinou, no dia 16 de Março, o contrato de comodato que permitirá à autarquia intervir no edifício da antiga Central Eléctrica. O contrato vigora pelo período de três anos, sendo renovado se se mantiver o interesse da autarquia e da EDP.

O autarca explicou, no acto de assinatura que “este edifício, que marca a identidade do centro da cidade, pode agora ser reabilitado para voltar a abrir portas ao público “. O edifício “inaugurado em 1929, foi intervencionado pela autarquia em 1996, ao longo dos anos foram efectuados trabalhos de manutenção do edifício, mas neste momento é necessário intervir de forma mais profunda para resolver problemas, por exemplo, ao nível da cobertura”, afirmou Pedro Magalhães Ribeiro.

O contrato de comodato vem permitir à Câmara Municipal “assumir o projeto de reabilitação do edifício, assim como, a requalificação do espaço envolvente e colocá-lo ao serviço do movimento associativo do nosso concelho”, esclareceu o autarca.

Na assinatura do contrato, esteve presente Carlos Raposo, assessor do conselho de administração da EDP, o vice-presidente da Câmara Municipal e responsável pelo pelouro da Cultura, Fernando Amorim e a técnica municipal Helena Montez, coordenadora da área de Cultura do Município.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Feira Nacional da Agricultura realiza-se entre 9 e 13 de Junho em Santarém

A Feira Nacional da Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA) vai realizar-se entre 9…

“Inspiro-me muito nas minhas vivências e nas raízes em Alpiarça“

Joana Almeirante é natural do concelho de Santa Maria da Feira, mas…

Capela Dourada reabre ao público após obras de restauro e recuperação (c/vídeo)

A Capela Dourada, contígua à igreja de Jesus Cristo, reabriu ao público,…