Foram anunciados no passado sábado, dia 5 de Fevereiro, os três cartéis da temporada de 2022 na Monumental “Celestino Graça”, de Santarém. As corridas de toiros terão lugar nos dias 19 de Março, no âmbito das Festas de S. José, e a 5 e 10 de Junho, por ocasião da Feira do Ribatejo – Feira Nacional de Agricultura.

A cerimónia de apresentação da temporada foi promovida pela Associação “Sector 9” e decorreu no Largo do Seminário, perante elevada presença de público e sob a presidência do Dr. Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara Municipal de Santarém.

A abrir a sessão usou a palavra o Dr. Gonçalo Soares Cruz, em representação da Associação “Sector 9”, que saudou todos os presentes, agradecendo-lhes a prova de confiança que depositavam neste novo projecto que tem em vista a prossecução da notável acção da Associação “Praça Maior”, apresentando na Monumental escalabitana cartéis com muita categoria, o que permitirá a afirmação de Santarém como um dos concelhos mais taurinos do nosso país. Agradeceu, igualmente, a parceria das entidades que uma vez mais apoiam este projecto, confiando que seja possível atrair a Santarém milhares e milhares de aficionados que demonstrarão a força da tauromaquia em Portugal.

Em seguida usou a palavra o Presidente do Município de Santarém, Dr. Ricardo Gonçalves, que felicitou os membros da Associação “Sector 9” pelo projecto a que meteram ombros, garantindo-lhes que, tal como sempre aconteceu sob a sua presidência, a Câmara Municipal de Santarém não deixará de cumprir o seu papel na defesa e na dignificação das tradições tauromáquicas ribatejanas.

Sem receios de qualquer natureza Santarém aposta na afirmação dos nossos valores culturais e apoiará as iniciativas da Associação “Sector 9” na parceria que estabeleceu com a Santa Casa de Misericórdia de Santarém. Nas temporadas anteriores, mesmo no quadro gravíssimo da pandemia da Covid-19 a Monumental “Celestino Graça” assumiu tamanha notoriedade na tauromaquia

nacional pela qualidade das corridas que apresentou, e, alicerçados nessa experiência, todos auguramos que no futuro se alcancem os mesmos objectivos. Ludgero Mendes, que moderou os trabalhos da mesa, usou em seguida a palavra para transmitir a mensagem do Provedor da Santa Casa de Misericórdia de Santarém, Eng.º Hermínio Martinho, impedido de estar presente devido a compromissos inadiáveis e já assumidos há muito tempo. O Eng.º Hermínio Martinho quis agradecer à Associação “Praça Maior” o seu intenso e qualificado labor na recuperação da Monumental “Celestino Graça”, quer ao nível do próprio imóvel, quer em termos taurinos, dando conta de que após esta Associação ter “devolvido” a praça à Misericórdia, ao fim de três anos de gestão, houve contactos de alguns empresários para saberem se a praça seria levada a concurso.

Esta situação dava boa nota de que a Praça de Santarém voltava a ser apetecida, tendo renascido das cinzas. O propósito da Mesa Administrativa era o de estabelecer uma parceria com Irmãos da Misericórdia para a organização das corridas de toiros, cumprindo o espírito do próprio Compromisso, tendo sido possível congregar um conjunto de nove jovens Irmãos que assumiram este desafio e entre si constituíram a Associação “Sector 9”. Conhecendo-os bem, tem total confiança no seu empenho, no seu dinamismo, no espírito solidário que os caracteriza e na sua competência, pelo que está seguro de que a Monumental “Celestino Graça” continuará este ciclo virtuoso a favor da Tauromaquia e da própria Instituição a que preside.

Desejando o maior sucesso a todos os agentes da Festa, congratulou-se com a solução encontrada e afirmou que o sucesso da gestão da Monumental “Celestino Graça” será importante para a economia de Santarém, pelo impacto social e comercial que incrementa, e será igualmente relevante para a própria Tauromaquia, que poderá potenciar os resultados escalabitanos à escala nacional.

Em representação da CAP – Confederação dos Agricultores de Portugal usou a palavra o Vice-Presidente da sua Direcção, Eng.º Gonçalo Santos Andrade, que saudou o sucesso da Associação “Praça Maior”, que contribuiu de forma decisiva para a afirmação da Tauromaquia em Santarém, e desejou o maior sucesso à nova Associação “Sector 9”, em cujo labor confia plenamente pelo reconhecimento da sua capacidade e competência para prosseguir o trabalho anteriormente desenvolvido. Referiu que os sectores da agricultura e da pecuária são fundamentais para a economia nacional, mas objectivamente ao nível das ganadarias e dos criadores de cavalos é ainda relevante pela sua contribuição para a defesa e para a valorização do meio ambiente, dado que o ecossistema onde se faz a criação destas espécies pecuárias é salvaguardado e protege essas áreas que, de outro modo, estariam abandonadas e mais susceptíveis a catástrofes como as que têm ocorrido noutras áreas do nosso país. Reiterou que a CAP está muito empenhada no sucesso desta gestão da Monumental “Celestino Graça”.

Finalmente usou a palavra o Eng.º Diogo Sepúlveda em representação da Associação “Sector 9”, tendo começado por agradecer a presença de tantos aficionados e também da maioria dos toureiros que este ano actuarão na Monumental “Celestino Graça”. Teve palavras muito encomiosas para a Associação “Praça Maior”, cuja acção permitiu demonstrar a viabilidade da exploração desta praça e a enorme massa de aficionados que marcam presença nas corridas que aqui decorrem, condições imprescindíveis para que se possa projectar o futuro da Tauromaquia em Santarém, respeitando o seu passado, mas abrindo espaço para novas iniciativas que têm em vista a conquista de novos públicos e que as corridas de toiros possam continuar a ser um espectáculo de família, onde os valores que lhes estão subjacentes possam ser transmitidos às gerações futuras.

Cada temporada será composta com um determinado número de corridas, no entanto, para além destas haverá um conjunto de iniciativas acessíveis através da subscrição do Abono “Sector 9” e que irão ao encontro do gosto e do apreço dos aficionados, como são os casos das visitas

ao campo, da realização de tertúlias taurinas, da nomeação dos triunfadores de cada temporada e do fomento da cultura taurina junto dos mais jovens.

Todas as iniciativas serão oportunamente divulgadas e a subscrição do Abono – disponível em três modalidades – está a decorrer, podendo os aficionados interessados aderir à modalidade que melhor se adeque à sua disponibilidade. Indo ao encontro da curiosidade e das expectativas dos aficionados ali presentes, o Eng.º Diogo Sepúlveda apresentou os cartéis dos três espectáculos que vão compor a presente temporada e que são os seguintes:

– Sábado, 19 de Março, às 16 horas – Corrida das Festas de São José. Cavaleiros: João Moura Júnior, João Ribeiro Telles e João Salgueiro da Costa; Forcados: Amadores de Santarém e do Aposento da Moita do Ribatejo; Ganadaria: Veiga Teixeira;

– Domingo, 5 de Junho, às 17 horas – Corrida da CAP. Cavaleiros: António Ribeiro Telles, Rui Fernandes e João Moura Júnior; Forcados Amadores de Santarém; Ganadaria: Murteira Grave;

– 6ª feira, 10 de Junho, às 17 horas – Corrida do Dia de Portugal. Cavaleiros: Luís Rouxinol (comemoração dos 35 anos de alternativa), João Ribeiro Telles e Francisco Palha; Forcados: Amadores de Santarém e de Montemor; Ganadaria: Palha.

Leia também...

“Praça Maior” – Missão Cumprida com Distinção!

Ecos do Burladero.

“El Juli” na Monumental Celestino Graça em Santarém

A Associação “Praça Maior” anunciou no passado Dia de Reis a presença…

Praça de Coruche é “Clean & Safe”

Foi atribuído à Associação “Nossa Praça”, gestora da praça de toiros de…

Grupo de ex-Forcados apresenta cartéis da temporada na Praça Celestino Graça

A Associação Praça Maior, composta por oito ex-forcados, apresentou este sábado, 26…