Apresentação do livro “Philomela. O Canto do Rouxinol” assinala Dia Mundial da Poesia em Santarém

O livro “Philomela. O Canto do Rouxinol”, de Filomena Custódio, será apresentado, dia 21 de Março, às 18:30, na Igreja da Misericórdia, em Santarém.

O evento insere-se nas comemorações Dia Mundial da poesia, em Santarém.  Da autoria de Filomena Custódio, “Philomela, O Canto do Rouxinol” é um conto poético do ressurgir de uma mulher comum.

A autora, tendo por Musa a Princesa da lenda Grega, Philomela que foi transformada em Rouxinol, encarna o pássaro e propõe-se cantar a mulher, igualando-a à dor da princesa da antiguidade.

Embora de cariz autobiográfico, o livro tem muito de humanitário, sendo que a narrativa se desenrola por terras da sua terra, Angola e ilhas Africanas.

“É um conto de amor e dor da Mulher com o par que lhe foi destinado desde o início da humanidade, o Homem”, refere uma nota de apresentação da obra, editada pela Cosmos.

Como a sua pintura, Filomena Custódio reavalia a dor do Mundo e a do Outro. “Sem brigar com as Artes, encaminha o espírito do espectador / leitor para uma mudança social melhor através da imagem do todo e por palavras do bem e do mal intrínseco às Obras e ao Mundo”, é ainda referido.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

Deixar uma resposta