A APRODER (Associação para a Promoção do Desenvolvimento Rural do Ribatejo) tem em curso, desde Setembro de 2018, o projecto “APRODER Empreende 2020”. Trata-se de um projecto de apoio ao empreendedorismo na região, que conta com o apoio do Programa Operacional Regional do Alentejo. Integrado neste projecto, foi lançado recentemente, pela APRODER, um conjunto de iniciativas de apoio aos empreendedores cuja actividade se desenvolve dentro dos limites territoriais abrangidos pela associação, a que chamou APRODER – Inovação e Empreendedorismo. Estas iniciativas têm o foco na divulgação de boas práticas empresariais que resultaram em projectos bem-sucedidos, localizados nos concelhos de Azambuja, Cartaxo, Rio Maior e Santarém (com excepção de parte do núcleo urbano da cidade de Santarém), os 4 concelhos ribatejanos cobertos pelo raio de acção da APRODER.

Os 18 projectos seleccionados para divulgação em diversos órgãos de comunicação social da região beneficiaram de apoios comunitários e estão em pleno funcionamento, apesar da pandemia. São empresas de referência, com consciência social e ambiental, que contribuem para o desenvolvimento rural e que estão implantadas numa região onde criam emprego e riqueza. Ao longo de quatro edições, o Correio do Ribatejo, parceiro nesta iniciativa, está a divulgar algumas dessas empresas.

Glu Glu Free

Alimentação Saudável – Produtos sem glúten

PUBLICIDADE

Direção – Ana Henriques

Concelho: Rio Maior

“O que começou com um pequeno teste pessoal, rapidamente se tornou numa necessidade de partilhar com o mundo, mostrando que sim, que é possível ter saúde e sabor no mesmo prato.”

Vinhos Franco

Vitivicultura – Produção e comercialização de vinhos

Direção – Rui Franco

Concelho: Cartaxo

“O ano passado foi um ano atípico. No entanto, e porque investimos na contratação de um comercial e lançámos alguns vinhos, tivemos a felicidade de duplicar o volume de negócios.”

Coudelaria Henrique Abecasis

Produção equestre – criação e exportação de cavalos

Direção – Tiago Abecasis

Concelho: Azambuja

“É preciso muita paciência, resiliência, saber o que queremos e saber para onde vamos. Importa não ceder às primeiras dificuldades. E, sobretudo nesta área, na agricultura, e especialmente na criação de cavalos, há que ter bem presente que as coisas levam tempo.”

Fábricadalegria

Turismo – animação turística

Direção – Ana Alves

Concelho Rio Maior

“Temos projectos inovadores em parceria com entidades públicas, que promovem o desenvolvimento local, através da divulgação dos valores naturais e culturais das regiões onde se inserem, serviços de animação com equipamentos insufláveis e outros.”

Fio Dourado

Olivicultura – produção de azeite

Direção – João Mendes

Concelho: Santarém

“Na Fio Dourado, temos um compromisso claro: queremos crescer de um modo sustentável, utilizar processos tecnologicamente eficientes, ambiental e socialmente responsáveis, que nos permitam obter produtos seguros do ponto de vista alimentar e superar as expectativas dos nossos clientes.”

Ecostatus

Turismo – eco-turismo

Direção – Jorge Cancela

Concelho: Santarém

“O desafio é este: conseguir conciliar sustentabilidade ambiental e sustentabilidade económica. Quero ser um eco-empreendedor no sentido da ecologia e no sentido da economia.”

Ollem Turismo

Turismo – turismo fluvial

Direção – Madalena Viana

Concelho: Cartaxo

“O meu sonho foi sempre o de fazer a ligação entre Lisboa e o Ribatejo através do rio. Finalmente, começa a abrir-se essa possibilidade: tenho o primeiro barco em construção, que espero que esteja na água em Abril. É um barco-casa, com casco que permite navegar no mar e com a parte de cima toda em vidro: as pessoas, quando acordam, estão no meio do rio.”

Quinta da Cholda

Agricultura – exploração agro-florestal

Direção – João Coimbra

Concelho: Santarém

“Temos que desenvolver a nossa actividade de uma forma sustentável para que possamos ter os nossos recursos salvaguardados. É uma empresa familiar, proprietária dos seus terrenos, e, por isso, uma das coisas mais importantes, para nós, é levar a qualidade dos nossos solos, do nosso negócio, para a próxima geração.”

Caves d’Alagoa

Vitivinicultura – Produção e comercialização de Vinhos

Direção – Leandro Antunes

Concelho: Rio Maior

“Temos de ser empreendedores e temos de acreditar. É nas dificuldades que muitas vezes encontramos oportunidades e este tempo não é exceção. ´preciso confiar que amanhã será sempre melhor do que hoje.”

Granja dos Moínhos

Queijaria

Direção – Adolfo Henriques

Concelho: Azambuja

“Aqui produz-se de tudo. São cerca de 50 produtos feitos como o melhor que a terra dá e eu tenho um enorme orgulho neles. Gosto muito do que faço, mesmo que isso implique trabalhar 365 dias por ano”.

Henricarnes

Produção de enchidos e salsicharia

Direção – João Paulo Henriques

Concelho: Rio Maior

“Acima de tudo está a qualidade. Esse é o segredo dos nossos produtos: apostamos na qualidade e na segurança alimentar e somos uma equipa muito dedicada. Este é o foco do nosso empreendedorismo.”

Ontrisports

Comércio de equipamentos desportivos

Direção – Sérgio Santos e Anabela Santos

Concelho: Rio Maior

“Ser diferente todos os dias e a todas as horas, para ser diferente naquele dia, naquela hora. É isso que nos distingue, o forte dinamismo que exigimos a nós próprios todos os dias!”

Luís Manuel Abreu de Sousa
Presidente da Câmara Municipal de Azambuja

É na promoção do empreendedorismo que está a melhor resposta aos desafios do mundo atual”

O Município de Azambuja congratula-se com o sucesso do projeto APRODER Empreende e, mais do que isso, está em total sintonia com essa visão dinâmica do presente e sobretudo do futuro. É na promoção do empreendedorismo que está a melhor resposta aos desafios do mundo atual, o que se tornou mais evidente no contexto da pandemia que há um ano condiciona a economia e toda a sociedade.

Neste tempo de novas dificuldades, o papel das parcerias ganhou maior relevo e o Grupo de Ação Local coordenado pela APRODER tem, para o Concelho de Azambuja, uma grande importância. Recorde-se que esta sinergia entre a autarquia e a associação já permitiu colher um fruto, a recuperação – cofinanciada pelo programa PDR 2020 – do barco varino “Vala Real”, propriedade do Município, destinado à dinamização do projeto turístico “Rota dos Mouchões”, um passeio no magnífico ecossistema ribatejano do Rio Tejo.

Pela nossa parte, os laços desta colaboração estão bem seguros e estamos confiantes de que, a curto ou médio prazo, teremos bons resultados também ao nível da promoção do enoturismo, sempre com o objetivo de valorizar o património natural, cultural e humano do nosso território.

Ricardo Gonçalves
Presidente da Câmara Municipal de Santarém

“São 30 anos de caminho com a aposta forte no desenvolvimento holístico do Ribatejo”

Desde a primeira hora que o Município de Santarém se assume como parceiro estratégico da APRODER, de forma a potencializar o que a Associação tem trazido e irá continuar a trazer à nossa região. É uma aposta clara no desenvolvimento rural e local e na promoção dos nossos produtos. Neste contexto queremos reconhecer o contributo que a APRODER deu à região de Santarém nas últimas três décadas. 

São 30 anos de caminho com a aposta forte no desenvolvimento holístico do Ribatejo, em particular nas suas vertentes social, cultural e económica que se tem pautado por uma estratégia de crescimento inteligente, sustentável e inclusivo do espaço rural. Exemplo desta filosofia são os últimos projetos apoiados pela APRODER submetidos pelas empresas do Concelho, a Fio Dourado, a Landscape Farm e a Quinta da Cholda, três projetos que visam o desenvolvimento sustentável do mundo rural, quer através da melhoria da eficiência dos processos, quer através da promoção de práticas mais amigas do ambiente ou da promoção de atividades turísticas que valorizem os ativos rurais.

Um desafio que se coloca hoje às Autarquias é o de implementar uma gestão colaborativa mais ambiciosa para o desenvolvimento económico local: mobilizar stakeholders do território para a constituição de parcerias que se afirmem como estruturas privilegiadas de discussão, definição de estratégias e contributos em matérias especialmente relevantes para a vida do município. Estamos a referir-nos a empresas, ao ensino superior e profissional, às organizações não governamentais (ONG) e outros que se entendam de valor acrescentado. 

É nesta lógica colaborativa que a APRODER foi, é e será peça-chave para este resultado!

PUBLICIDADE
Leia também...

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Mercadona constrói maior bloco logístico da empresa em Almeirim

A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, anunciou que vai construir um…

Moinho de Fau e Restaurante no Jardim das Portas do Sol colocados em hasta pública

A Câmara Municipal de Santarém vai realizar um hasta pública, no próximo…

Rotary Clube de Santarém distingue Sílvia Carreira como profissional do ano

Sílvia Carreira, directora técnica do Lar Gualdim, do Centro Social Interparoquial de…