A Associação de Futebol de Santarém (AFS) certificou 25 dos clubes filiados com a entrega do diploma de “Entidade Formadora”, relativo à época desportiva de 2020/21, esta quinta-feira, 12 de Maio, pelas 19 horas no Salão Nobre da Casa do Campino.

A cerimónia contou com a presença de Ricardo Gonçalves, Presidente da Câmara Municipal de Santarém (CMS), João Leite, Vice-presidente da CMS, Fernando Gomes, Presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e Francisco Jerónimo, Presidente da AFS.

Ricardo Gonçalves, congratulou todo o trabalho desenvolvido pela FPF, AFS e clubes em prol do Futebol e do Futsal. “Muitos parabéns pela certificação e trabalho. As autarquias estão aqui para vos ajudar. Uns podem mais e outros podem menos, mas não tenham dúvidas que nós queremos muito ajudar-vos. Os vossos desígnios são os nossos desígnios. Nós somos todos juntos uma grande equipa”, concluiu.

No que diz respeito aos clubes scalabitanos, nesta certificação o Vitoria Clube de Santarém obteve quatro estrelas nas categorias de “Futsal Masculino” e “Futsal Feminino”. Com três estrelas, na categoria de “Futebol Masculino”, foram distinguidos a Associação Académica de Santarém, o Centro Cultura Recreio e Desporto Moçarriense e a União Desportiva de Santarém, SAD.

Fernando Gomes fez questão de elogiar a AFS pelo seu envolvimento no processo de certificação. “Nada seria possível sem o envolvimento das Associações, e neste caso concreto de Santarém e a sua subcomissão da certificação que foi criada, que teve um papel fundamental na evolução verificada ao longo destes últimos anos”, referiu o líder da FPF.

“Santarém deu um salto de cinco para 18 entidades e depois, no ano seguinte, estamos aqui a certificar 29 entidades. Este é um processo exigente, mas extremamente produtivo. As entidades que forem certificadas veem o seu progresso valorizado e, portanto, também tem efeitos colaterais extremamente positivos”, destacou Fernando Gomes, deixando uma palavra aos autarcas da região.

“Se não forem os municípios deste país, de certeza absoluta que a atividade desportiva não chegava a 50 por cento daquilo que ela é e, portanto, deixo uma palavra particular de agradecimento às autarquias pelo apoio que disponibilizam”.

Na época de 2018/19, a AF Santarém teve cinco clubes certificados. Na temporada seguinte foram 18, sendo que os atuais 29 correspondem a um aumento de 62 por cento em relação à época anterior. Dos 62 clubes filiados na associação escalabitana, 52 registaram-se na plataforma de certificação.

Francisco Jerónimo, valorizou a presença do Presidente da FPF numa sessão em que se prestou “reconhecimento aos 25 clubes filiados de 13 concelhos que obtiveram a certificação de 29 entidades”. “Aos dirigentes e colaboradores, em especial os diretores técnicos dos clubes, o nosso reconhecimento pelo esforço que tiveram para ultrapassar muitas dificuldades. Todos sabemos que o processo de certificação devia ser o reflexo do trabalho das Entidades”, disse, antes de lançar um desafio: “Passaram cinco anos. Será que falta o livro branco da certificação para melhor conhecermos as reais e verdadeiras dificuldades dos clubes, para que o sucesso seja ainda maior deste grande projeto, que é processo de certificação das Entidades Formadoras?”.

Recorde-se que, no total nacional, foram 1 064 as entidades que concluíram o processo de avaliação, das quais 745 foram consideradas certificadas.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…