Foto ilustrativa

 A Tagus – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior – lançou hoje uma plataforma para a promoção e comercialização ‘online’ dos produtos rurais de Abrantes, Constância e Sardoal, envolvendo 22 produtores do setor agroalimentar, foi hoje anunciado.

“Esta plataforma ‘online’, direcionada nesta fase experimental para o mercado nacional e que queremos depois alargar a todo o mundo, tem por objetivo incentivar os produtores na sua atividade, agregando 22 profissionais do setor agroalimentar, e aproximar os produtos locais do cliente, com uma oferta que passa nesta fase pelos vinhos, queijos, enchidos, mel e azeite, entre outros, e que depois queremos estender aos produtos hortofrutícolas e ao artesanato”, disse à Lusa Conceição Pereira, técnica coordenadora da Tagus, à margem da apresentação da plataforma digital, que decorreu hoje à tarde em Sardoal, distrito de Santarém.

Fundada em 26 de novembro de 1993 e trabalhando em territórios de baixa densidade populacional nos concelhos de Abrantes, Constância e Sardoal, a Tagus é desde 1995 gestora local de Programas de Iniciativa Comunitária LEADER, lançando uma plataforma digital comercial que “visa contribuir para o desenvolvimento da economia regional”.

Com um investimento que rondou os 30 mil euros, com apoio a 80% de fundos comunitários, sendo o restante suportado pelos municípios envolvidos, “a ideia surgiu em plena situação pandémica” de covid-19, lembrou a responsável, “quando os produtores locais enfrentavam dificuldades em escoar a sua produção”, devido aos constrangimentos causados pela mesma.

“Dado o aparecimento de novas estratégias de comercialização e com a expansão das vendas ‘online’, a Tagus, consciente de que, isoladamente, os esforços dos pequenos produtores para alcançar potenciais clientes por esta via eram demasiado grandes, candidatou-se à operação 10.2.1.4 – cadeias curtas e mercados locais, do Programa Nacional de Desenvolvimento Rural (PDR2020), inserida no Portugal 2020 e cofinanciada pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER), para permitir apoiá-los no escoamento das suas produções por ‘e-commerce’, fomentando o contacto entre quem produz e quem consome, e tornando os produtos mais acessíveis a qualquer parte do país”, enquadrou.

Um projeto que, depois de aprovado e desenvolvido, tem agora condições para entrar em funcionamento, numa fase em que a Tagus assinala 29 anos de atividade e em que a quadra natalícia que se aproxima é propícia à oferta de produtos locais.

“As compras ‘online’ assumiram-se como uma opção e até se tornou um hábito para muitos consumidores, que preferem esta ferramenta – a plataforma de vendas ‘online’ – para comprar, porque nunca fecham, podem consultar ou analisar as características dos produtos, encomendar quando têm mais disponibilidade e recebê-las comodamente em sua casa”, notou.

Para Conceição Pereira, esta plataforma é também “uma oportunidade para que os pequenos produtores, sem capacidade para entrar em grandes circuitos de distribuição, tenham acesso a outro mercado” e, ainda, por outro lado, “uma forma de os consumidores terem acesso aos produtos que são distinguidos em concursos nacionais e internacionais de diferentes temáticas”.

Para a operacionalização da plataforma digital, o projeto prevê, também, a aquisição de embalagens e outros materiais, que permitam escoar estes artigos, e uma estratégia de ‘marketing’, de modo a fomentar as vendas e a valorização dos mesmos.

A comercialização e promoção dos vinhos, cervejas artesanais, licores, azeites, queijos, enchidos, mel e outros doces, como compotas, marmeladas, bolachas e figos confitados, produzidos em Abrantes, Constância e Sardoal, está a partir de hoje disponível no sítio da Internet https://praca-ri.pt.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.