Autarquia de Santarém considera pombos uma praga urbana

A Câmara Municipal de Santarém solicitou à Assembleia Municipal que declare os pombos como uma praga urbana na área urbana da União de Freguesias da Cidade de Santarém.

A deliberação do executivo municipal foi tomada na segunda-feira, 9d e Novembro, em reunião de Câmara.

A autarquia escalabitana considera que há “evidências de superpovoação de pombos na cidade”, e refere mesmo que a proliferação dos mesmos “acarreta riscos para a saúde pública, ambiente e património, e que compete aos municípios o controlo da população excessiva de pombos errantes em espaço urbano”.

PUBLICIDADE

Recorde-se que, a autarquia de Santarém contratou, no passado Verão e durante seis meses, a empresa T Falcon para percorrer as ruas do Centro Histórico de Santarém para combater a praga de pombos existentes no centro da cidade.

O método trazido pela empresa de falcoaria T Falcon consiste na libertação de aves de rapina, águias e falcões de Harris, que de uma forma natural conseguem afastar os pombos. Uma medida enquadrada pela actividade de falcoaria numa arte milenar, reconhecida como Património Cultural Imaterial da UNESCO no ano de 2010.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

ADICIONAR COMENTÁRIOS

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *