Banco de Portugal assegura que pagar com notas e moedas é seguro

O Banco de Portugal alertou que a probabilidade de contágio com dinheiro é muito baixa quando comparada com a de outras superfícies, mas aconselha a higienização das mãos após o contacto com notas e moedas.

Estudos recentes indicam que o SARS-CoV-2 pode sobreviver, embora com uma diminuição significativa da sua carga viral, em superfícies como plástico ou metal, até 72 horas, e em aerossóis, até três horas, refere o banco central português no seu site na Internet, sendo que em superfícies de cobre, o novo coronavírus sobrevive menos de quatro horas e, em superfícies mais porosas, como cartão, menos de 24 horas.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Direção-Geral da Saúde (DGS) reconheceram que o dinheiro “não constitui uma forma de transmissão comum” da covid-19 e o Instituto Robert Koch, da Alemanha, também confirmou recentemente que “a transmissão do vírus através das notas de banco não tem um significado especial”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS