Cadáver de idoso permanece no local seis horas depois ter sido declarado o óbito

O corpo do coronel João Manuel Taxa Araújo que faleceu ao início da manhã deste sábado, 21 de Março, continua na rua Virgílio Arruda, em Santarém, seis horas após ter sido declarado o óbito.

Segundo apurou o Correio do Ribatejo, a delegada de Saúde ainda não foi ao local para certificar o óbito. A demora da autoridade de saúde local poderá estar relacionada com a pandemia causada pelo Covid-19.

A situação está a causar um grande sofrimento aos familiares da vítima mas também à vizinhança que caracteriza a situação como vergonhosa. Neste momento tanto a família como os vizinhos estão a usar todos os meios disponíveis para tentar remover o cadáver do Coronel Taxa Araújo do local onde se encontra, na via pública, junto ao seu automóvel.

PUBLICIDADE

Durante a manhã, prestaram-lhe o socorro os Bombeiros Municipais de Santarém e a equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital de Santarém.

A PSP de Santarém estabeleceu um perímetro de segurança naquela zona.

O caso aguarda agora os procedimentos legais.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS