Com o início das aulas online na próxima segunda-feira, dia 8 de Fevereiro, a Câmara Municipal de Abrantes tomou medidas para prestar apoio aos alunos beneficiários dos escalões A e B da acção social escolar e todos os alunos que se verifique não terem recursos. 

No regresso às aulas em regime não presencial, que se irá manter por tempo indeterminado devido à evolução da pandemia, a Câmara Municipal de Abrantes concluiu na sexta-feira, dia 5 de Fevereiro, a entrega de computadores aos alunos dos 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico, com acção social escolar, que não têm condições financeiras para adquirir os equipamentos, num total de 458 computadores.

No caso do ensino secundário, os alunos do Agrupamento de Escola Dr. Solano de Abreu já receberam computadores do Ministério da Educação e aos alunos do secundário do Agrupamento de Escola Dr. Manuel Fernandes, a autarquia entregou 17 computadores. 

PUBLICIDADE

No total, para já, a autarquia de Abrantes disponibilizou 475 computadores aos alunos dos 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, prevendo-se a entrega de mais 4 dezenas de equipamentos a alunos do Concelho.

Na próxima semana, a Câmara Municipal de Abrantes vai garantir o acesso à internet aos alunos que foram indicados pelos agrupamentos de escolas, num esforço conjunto entre o Município e os agrupamentos de escolas que fizeram o levantamento das necessidades dos alunos junto das famílias.

Os computadores são cedidos às famílias, a título de empréstimo, à semelhança do que já aconteceu no confinamento ocorrido em 2020.

Qualquer situação de carência de equipamento que ainda seja reportada será merecedora de toda a atenção por parte da Autarquia.

Para o Presidente da Câmara, Manuel Jorge Valamatos, “esta medida da autarquia de apoio à educação tem por objectivo fomentar a igualdade nas condições de acesso ao processo de ensinoaprendizagem dos alunos do nosso Concelho”.

Recordamos que o Município reforçou, junto das empresas de comunicações, o pedido de aumento de rede em algumas zonas do concelho onde a internet é mais fraca.

No que se refere às refeições escolares, estão a ser servidas cerca de 280 refeições diárias, a todos/as os/as alunos/as de todos os níveis do ensino público, beneficiários do apoio social escolar, sendo as mesmas confeccionadas na Escola EB/JI Maria Lucília Moita. As refeições sociais estão a ser entregues aos encarregados de educação, em vários pontos de recolha (nas escolas definidas para esta entrega: EB Rio de Moinhos, EB Pego, EB Rossio ao Sul do Tejo, EB S. Miguel do Rio Torto, EB Bemposta, Escola Octávio Duarte Ferreira – Tramagal, EB Alvega e EB Mouriscas). As refeições cujos encarregados de educação não podem receber nos pontos de recolha, estão a ser entregues nas suas residências pela Autarquia, em colaboração com as Juntas de Freguesia.

As Escolas Básicas António Torrado e Maria Lucília Moita, em Abrantes, continuam a funcionar como Escolas de Acolhimento dos filhos ou outros dependentes com idade igual ou inferior a 12 anos, a cargo dos profissionais mobilizados para o desempenho de funções essenciais de protecção/apoio no âmbito da COVID-19.

PUBLICIDADE
Leia também...

Corações com Coroa oferece bolsas de estudo a jovens raparigas de Santarém

A Corações com Coroa (CCC), Associação sem fins lucrativos e ONGD que…

Governo vai ponderar entre hoje e quinta-feira encerramento de escolas

O Presidente da República afirmou que o Governo vai ponderar, entre hoje…

Praxes virtuais foram moda este ano lectivo

Este ano lectivo, por força da pandemia, as praxes académicas dos novos…

Webinar “Comunicar com Crianças e Jovens” reúne pais e educadores

O Torres Novas Toastmasters Club, a Confap – Confederação Nacional das Associações…