Câmara de Abrantes concede isenção de taxas municipais à Santa Casa da Misericórdia

A Câmara Municipal de Abrantes (CMA) concedeu um apoio de 31 mil euros, correspondente à isenção de taxas municipais, à Santa Casa da Misericórdia que vai investir mais de um milhão de euros numa nova Estrutura Residencial para Idosos (ERPI).

O contrato de apoio a Projectos Empresariais de Interesse Municipal foi assinado, no passado dia 8 de Julho, pelo presidente da Câmara, Manuel Jorge Valamatos e o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes, Alberto Margarido.

O investimento da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes nesta nova resposta social é superior a um milhão de euros e deverá criar 14 postos de trabalho.

PUBLICIDADE

Manuel Jorge Valamatos referiu “ser uma honra” poder colaborar na valorização deste projecto social da maior importância porque, adiantou, “os idosos nos merecem uma preocupação a todo o tempo, pelo que ainda precisamos de fazer muito trabalho para proteger as pessoas com mais idade, contribuindo para uma melhor qualidade de vida”.

Já Alberto Margarido, salientou o facto deste projecto ter sido sonhado há já vários anos, tendo agradecido a disponibilidade da CMA para mais uma parceria com a Santa Casa, “estamos a trabalhar no mesmo sentido”. Referiu ainda que este projecto vem ajudar a centralizar alguns serviços e a melhorá-los.

Após a assinatura do contrato, seguiu-se uma visita à obra de construção da futura Estrutura Residencial para Idosos, infraestrutura vocacionada para alojamento colectivo, de utilização temporária ou permanente, para pessoas idosas em situação de risco ou de perda de autonomia, beneficiando de actividades de apoio social e cuidados de saúde.

O edifício com três pisos, com capacidade para acolhimento de 32 utentes, está a ser construído em terreno localizado na traseira do Lar-Hospital da Misericórdia, na parte virada para a encosta sul, com vista sobre o Tejo e o Aquapolis.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS