A Câmara de Constância criticou hoje o “atraso inexplicável na entrega da correspondência” no concelho, situação que se “agudizou nos últimos meses” e que levou a autarquia a manifestar o seu desagrado junto da comissão executiva dos CTT.

“Nos últimos meses tem-se agudizado um problema que se tem vindo a sentir já há algum tempo, com um atraso considerável na entrega da correspondência no concelho e que tem causado grandes transtornos às populações”, disse hoje o presidente da Câmara de Constância, Sérgio Oliveira.

Segundo Sérgio Oliveira (PS), “os sucessivos atrasos na entrega do correio levam a que muitas vezes assuntos de alta responsabilidade, e com prazos para o cumprimento de obrigações e deveres, cheguem aos destinatários fora do prazo, originando situações muito complicadas para os destinatários da correspondência”.

O autarca, que escreveu um ofício à administração do CTT – Correios de Portugal “a exigir que sejam tomadas medidas para resolver o problema”, relatou situações relacionadas com “prazos que as pessoas têm para cumprir, seja obrigações fiscais, portagens ou consultas médicas”, entre outros.

Ainda de acordo com o presidente da Câmara de Constância, a si próprio uma carta para o pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) chegou duas semanas depois do prazo.

“Há pessoas que chegam a estar um mês sem receber correspondência e depois recebem 19 cartas no mesmo dia”, acrescentou Sérgio Oliveira, reiterando que, no ofício enviado à administração dos CTT, a Câmara Municipal “manifestou o seu profundo descontentamento” por esta situação, “exigindo que sejam tomadas medidas imediatas para solucionar os problemas que estão identificados há anos”.

“O que se pede aos responsáveis dos CTT é que efectivamente sejam tomadas medidas concretas para inverter esta situação para que o serviço volte a ter a qualidade que tinha e que perdeu nos últimos tempos”, salientou.

A agência Lusa questionou os CTT, mas até ao momento ainda não recebeu resposta aos esclarecimentos solicitados.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.