A Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) e a Santa Casa da Misericórdia de Pernes (SCMP) vão receber do Município de Santarém um apoio financeiro no valor de 2.750 euros, para poderem continuar a ajudar os munícipes em situação de maior vulnerabilidade socioeconómica.

O apoio foi aprovado na reunião de Câmara de segunda-feira, dia 25, sendo que, com esta verba a Delegação local da CVP vai poder prestar apoio a 40 famílias sinalizadas, com dois mil euros a serem repartidos por 50 euros a cada família.

A SCMP recebe 750 euros, para prestar o mesmo apoio a 15 famílias, onde cada uma recebe também 50 euros.

Segundo a autarquia, foram referenciadas 40 famílias pela CVP e 15 famílias pela SCMP “com carência alimentar, nomeadamente bens perecíveis não disponibilizados habitualmente pelas entidades” e com carência de produtos de higiene pessoal e relacionados “com o cuidar dos bebés”.

PUBLICIDADE

“Face à actual situação de pandemia do novo coronavírus e ao impacto daí decorrente junto dos munícipes em situação de maior vulnerabilidade, torna-se imperiosa e urgente a implementação de medidas excepcionais que apoiem, nas mais diversas formas, a população em situação de fragilidade e debilidade sócio-económica”, refere a nota justificativa da autarquia para atribuição deste apoio.

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…