A Câmara Municipal de Santarém aprovou em reunião de executivo, do dia 7 de Março, a primeira fase do projecto de execução de Implementação dos Percursos Confortáveis no Centro Histórico, que terá um valor de investimento no total de 1.047.188,71 euros.

Em comunicado, a autarquia refere que o projecto vai definir os espaços reservados exclusivamente aos peões (ruas pedonais) e os espaços partilhados (shared spaces), nomeadamente as zonas de coexistência, consagradas no código da estrada. Prevê ainda a eliminação da segregação de modos, através da criação de uma plataforma única, permitindo ao peão usar toda a largura da rua, eliminando-se a delimitação de faixa de rodagem, passando a circulação dos veículos a realizar-se num meio em que a prioridade é do peão.

“Esta solução de zonas de coexistência foi a proposta face à reduzida largura das ruas que constituem o Centro Histórico. Neste sentido, foram definidos pavimentos que proporcionam a todos os peões uma circulação autónoma, funcional, segura, confortável e compatível com a circulação automóvel, criando uma dinâmica de valorização e revitalização do Centro Histórico, apoiando o comércio local e dignificando o turismo”, esclarece a mesma nota.

A fase 1 inclui a Rua Serpa Pinto, a Rua Capelo e Ivens, o Largo Padre Francisco Nunes da Silva, a Rua Dr. Joaquim Luís Martins, a Rua de S. Martinho, Largo do Terreirinho e Rua e Largo Eng. Zeferino Sarmento.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…