Os Bombeiros Municipais de Alpiarça estão a ferro e fogo, depois de ter sido entregue uma carta anónima à presidente da autarquia alpiarcense, Sónia Sanfona, com várias queixas sobre o comandante da corporação, Hugo Teodoro.

O Correio do Ribatejo teve acesso à carta que, embora anónima, “é subscrita por 27 (vinte e sete) elementos do corpo de bombeiros”, em que relata vários comportamentos do comandante Hugo Teodoro, que para os subscritores são factores indicativos que “o Sr. Comandante está literalmente a borrifar-se” para a corporação e respectivos elementos. Os elementos acusam o comandante de não resolver os problemas da casa, que se prendem com falta de meios humanos e recursos para desempenhar a missão de socorro à população.

No texto redigido, o autor, ou autores, identificam comportamentos do comandante como a falta de presença no quartel, explicando que o “sr. Comandante”, como é referido, “chega de manhã, pega no seu veículo de comando, e desaparece, sem dar justificações a ninguém”, vinca o texto, acrescentando que chega à hora de almoço, faz a refeição e não volta a aparecer no quartel durante o período da tarde. O texto refere também que quando é solicitado para resolver “alguma situação” a resposta que se obtém é a desresponsabilização pelo problema, e imputa a responsabilidade do que está mal/avariado na presidente da autarquia, responsável pelo pelouro da Protecção Civil e Bombeiros Municipais.

A carta refere ainda que o comandante Hugo Teodoro não dirige a palavra a alguns elementos, causando mau estar no seio da corporação, assim como deixa acusações de ter rejeitado pedidos de transferência de bombeiros que queriam integrar a corporação, negando assim recursos humanos preciosos para melhor desempenhar a missão de prestar socorro à população de Alpiarça.

O documento pede ainda o afastamento do comandante por carecer de liderança, espiríto de missão e bom senso, e por o Hugo Teodoro estar a “afastar cada vez mais os bombeiros” e por estar a afundar a corporação “a passos largos”.

O texto é encerrado com a ameaça dos 27 elementos avançarem com medidas extremas, “caso o sr. Comandante continue a desempenhar funções”.

Leia a notícia desenvolvida na edição impressa do Correio do Ribatejo, nas bancas a 20 de Janeiro.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.