Cartaxo activa Posto de Comando Municipal de Proteção Civil para dar resposta à pandemia

O Centro de Promoção Vitivinícola e o Auditório Municipal, localizados na Quinta das Pratas, passaram a acolher, desde quarta-feira, dia 18 de Novembro, o Posto de Comando Municipal de Proteção Civil que a Câmara Municipal do Cartaxo activou para coordenar a resposta municipal à pandemia do novo coronavírus SARS-COV2 e à doença Covid-19.

Segundo Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo e responsável pela proteção civil no concelho, o Posto de Comando é uma estrutura operacional que “permite agilizar a coordenação dos meios disponíveis, quer municipais, quer da autoridade de saúde local e das forças de segurança, no apoio à população, aos agrupamentos de escolas, às instituições de solidariedade social e às empresas do concelho, no que respeita ao combate à pandemia”.

O Posto de Comando passa a garantir a gestão da resposta municipal à pandemia e é responsável pela coordenação de todos os meios disponíveis na área do município, promovendo a eficácia e eficiência das respostas, garante a manutenção da reserva estratégica municipal de equipamentos de protecção individual – que a Câmara Municipal constitui desde o início da pandemia -, coordena e acompanha, do ponto de vista operacional, a equipa multidisciplinar, que desde Março, mantêm visitas regulares às estruturas de apoio a idosos (ERPI) e a casas de acolhimento de idosos no concelho, é responsável pela ligação permanente e directa ao Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), e à autoridade de saúde local, a qual apoia com equipas dedicadas para rastreio e identificação das cadeias epidemiológicas.

PUBLICIDADE

O Posto de Comando está organizado em três áreas de acção – operações, logística e planeamento

A área de operações integra os agentes de proteção civil e forças de segurança – PSP, GNR, Serviço Municipal de Proteção Civil, Bombeiros Municipais do Cartaxo e Cruz Vermelha Portuguesa- Centro Humanitário de Santarém/Cartaxo.

A área de planeamento que coordena as necessidades de isolamento profiláctico ou vigilância activa e efectua o rastreio de cadeias de transmissão, integra elementos do serviço municipal de proteção civil, da autoridade de saúde local e a equipa de rastreio.

A logística agrega o apoio à população, o controlo da reserva estratégica de equipamentos de protecção individual (EPI), mantendo inventário das necessidades dos lares, centros de dia e apoio domiciliário, assim como, de instituições com valências de apoio social ou educativo, coordena as acções de descontaminação e é responsável pela activação e equipamento de Zonas de Concentração e Apoio à População (ZCAP).

O Posto de Comando é coordenado pelo presidente da Câmara Municipal e é composto pela Coordenadora Municipal de Proteção Civil, Ana Coelho, pelo Adjunto de Comando dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, Vítor Rodrigues, por efectivos da GNR e da PSP, por representante da Cruz Vermelha Portuguesa-Centro Humanitário de Santarém/Cartaxo, por representante da autoridade de saúde local, pela coordenadora da área de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal, Conceição Reis, assim como por várias psicólogas, assistentes sociais e técnicas do município destacadas das suas funções habituais na Câmara Municipal para apoiar a área de saúde – passam a integrar a equipa de rastreio criada para reforçar os inquéritos epidemiológicos e o controlo de situações de isolamento profiláctico e de vigilância activa.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

ADICIONAR COMENTÁRIOS

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *