Casa de Carlos Guedes de Amorim foi palco de “ajuste de contas” entre o fado e a arquitectura

O arquitecto escalabitano Carlos Guedes de Amorim abriu as portas de sua casa, na noite desta segunda-feira, dia 18 de Junho, para fazer, segundo o próprio, um “ajuste de contas” entre o fado e a arquitectura.

Juntando os amigos num ambiente acolhedor, o arquitecto pretendeu mostrar os seus principais trabalhos enquanto arquitecto, bem como o seu lado ligado ao Fado, outra das paixões de Carlos Guedes de Amorim.

A noite foi composta por uma interpretação da Schola Cantorum da Catedral de Santarém, com ‘Madrigais Europeus’ dos séculos XV e XVI e com a actuação do próprio Carlos Guedes de Amorim, com temas do seu álbum “Fado”, o seu último trabalho discográfico, que nesta noite foi gravado ao vivo para dar lugar a um novo CD para o público em geral, uma vez que o actual apenas se destina aos hóspedes da Casa da Ermida, como explicou ao Correio do Ribatejo, explicando também a razão de ser desta iniciativa que organizou.

(notícia desenvolvida na edição impressa de 22 de Junho)

info, , , , , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS