Chamusca instala equipamentos de teleassistência em residências de idosos

A Câmara da Chamusca instalou equipamentos de teleassistência nas habitações de 42 idosos do concelho referenciados pelas freguesias onde residem como mais vulneráveis e isolados.

Em comunicado, a Câmara da Chamusca afirma que o serviço se destina a apoiar principalmente idosos em situação de maior isolamento e insuficiência ou ausência de rede de suporte familiar, mas também pessoas que se encontrem em situação de dependência/incapacidade.

Segundo o município presidido por Paulo Queimado, o objectivo é promover a “independência e confiança, assegurando o acompanhamento e o apoio permanente a quem vive sozinho”.

PUBLICIDADE

Para Cláudia Moreira, vice-presidente da Câmara Municipal da Chamusca, “num concelho onde o índice de envelhecimento é particularmente elevado, é fundamental o investimento em medidas que permitam à população sénior manter as suas rotinas diárias de uma forma segura, confiando que existe sempre alguém pronto para lhes prestar apoio em caso de necessidade”.

A autarca sublinha que o município tem vindo a “ajustar as suas respostas em conjunto com os parceiros sociais, para proporcionar um quotidiano com maior segurança a estes munícipes”, por “estar consciente do risco de vulnerabilidade social a que a população sénior está mais exposta”.

“Esta iniciativa tem como objectivo primordial combater o isolamento social, atendendo à vulnerabilidade em que se encontram alguns dos idosos do concelho da Chamusca e prestando especial atenção à actual situação vivida devido à covid-19”, salienta a nota.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS