A Câmara Municipal da Chamusca decidiu reabrir cemitério municipal nos dias 1, 2 e 3 de Maio, com restrições, limitando o acesso a um máximo de 50 pessoas em simultâneo, duas em cada campa, e pelo tempo “estritamente necessário”.

Em comunicado, o Município refere que fica estabelecido que só podem permanecer duas pessoas junto de cada campa, estabelecendo o máximo de 50 pessoas em simultâneo na totalidade do espaço do cemitério; O fornecimento dos equipamentos partilhados necessários a trabalhos de limpeza e manutenção, não estarão disponíveis por serem materiais de uso comum e potenciais fontes de transmissão do vírus, sendo permitido a utilização de materiais dos próprios; Os sanitários mantém-se encerrados e o tempo de permanência junto às campas deve resumir-se ao tempo estritamente necessário.

Já em relação à realização de cerimónias fúnebres, podem estar presentes os familiares directos, acrescendo ao número anterior o limite máximo de mais 20 pessoas. É ainda obrigatório que todas as pessoas observem as medidas de distanciamento social, de higiene das mãos e de etiqueta respiratória em todas as circunstâncias, assim como a adopção de medidas ainda mais restritas para protecção dos grupos mais vulneráveis.

PUBLICIDADE

A decisão da Câmara Municipal da Chamusca tem por base a deliberação tomada pela Comissão Distrital de Proteção Civil de Santarém.

PUBLICIDADE
Leia também...

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Loja da Cavalinho assaltada no Centro Histórico de Santarém

A loja do Cavalinho foi alvo de um assalto na madrugada desta…

Colisão entre motociclo e ligeiro de passageiros provoca um ferido grave na EN 118

Um ferido grave é o resultado de uma colisão entre um motociclo…

Advogado positivo à covid-19 obriga Tribunal de Santarém a accionar o Plano de Contingência

As próximas sessões do julgamento de Tancos foram canceladas depois de um…