Chamusca submeteu duas candidaturas vencedoras ao Programa Valorizar

O Município da Chamusca submeteu duas candidaturas vencedoras ao Programa Valorizar. Projecto que pretende a integração do Centro de BTT do Arripiado na Rede Integrada de Centros de BTT a nível nacional, direcciona-se para a oferta turística de produtos walking e cycling.

A candidatura submetida pela autarquia envolverá obras de adaptação do espaço envolvente e adaptação da Bike Station, no total a candidatura irá ter um investimento total de 24.357,04 euros, com financiamento a 90 por cento. Já a candidatura integrada pelos Municípios e pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, um investimento elegível da responsabilidade da ETR e dos Municípios no total, de 691.110 euros, terá um investimento de incentivo de 621.999 euros.

Juntam-se à Chamusca os Município de Marvão, Castelo de Vide, Portalegre, Arronches, Coruche, Borba, Redondo, Almodôvar e Ourique, localidades estas que vão fazer parte da Rede Integrada de Centros de BTT.

PUBLICIDADE

O projecto integrado foi alvo de apresentação e compromisso, no passado mês de Maio, contou com a presença de Paulo Queimado Presidente da Câmara Municipal da Chamusca que salientou a “importância desta candidatura num concelho com território propício à prática de actividades desportivas outdoor e, onde já existem inclusive, trilhos BTT e percursos de ciclismo no Wikiloc.”

O trabalho que o Município da Chamusca tem vindo a desenvolver ao longo dos últimos anos com programas de incentivo à pratica de actividades ao ar livre com base no conceito de vida saudável e disso é exemplo com o Projecto Chamusca ComVida. O apoio à realização de provas de Triatlo, Duatlo, Atletismo e outras, bem como à modalidade de Basquetebol com forte representação no concelho, são reconhecidas como modelo de intervenção no desenvolvimento desportivo, pela Associação Portuguesa de Gestão de Desporto com a atribuição do Galardão Município Amigo do Desporto.

A Rede Integrada de Centros BTT e Cycling é por isso, um projecto onde a Chamusca terá notório papel interventivo e de valor turístico. Esta candidatura conjunta resultará na organização de 8 Centros BTT, 11 estações de serviço, 57 percursos com 4 níveis de dificuldade. Será ainda, homologada pela União Velocipédica Portuguesa e pela Federação Portuguesa de Ciclismo e, proporcionará acções de formação teórico-práticas para técnicos dos municípios parceiros. Prevê-se que a execução do projecto termine em Outubro de 2019.

PUBLICIDADE
info, , , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS