A cidade de Santarém está a receber a iniciativa “Chefs ao Tejo”, juntando a potencialidade gastronómica do concelho à sustentabilidade do rio Tejo. Este evento marca o início de um conjunto de actividades que o município vai desenvolver ao longo de todo o ano para promover e apoiar a restauração local e impulsionar o turismo.

Inserido no programa Santarém Capital da Gastronomia, este evento internacional, que está a decorrer até amanhã, dia 23 de Abril, trouxe a Santarém os conceituados chefes Diego Gallegos, Luís Barradas e João Rodrigues que, acompanhados pelo escalabitano Rodrigo Castelo estão de visita à região para apresentar as diferentes abordagens que utilizam na sua cozinha na preparação e concepção do peixe do rio.

Durante a manhã de hoje, ocorreu uma visita à Escola Superior Agrária de Santarém para observação de processos de transformação como a secagem, a cura, e a fumagem, e promoção de produtos inovadores, feitos à base de peixe de rio, desenvolvidos na escola e, de seguida, visitaram o Mercado Municipal para uma mostra de peixe do rio.

Da parte da tarde teve lugar a mesa redonda, na zona das Caneiras, onde um painel de oradores, que incluiu Ricardo Gonçalves, presidente da autarquia, o investigador de peixe de água doce João Gago, os três chefes ibéricos, Carlos Serra, pescador, e Sérgio Tente, que representa aqui a pesca desportiva. Tratou-se de uma conversa aberta sobre peixe do rio, pesca desportiva, sensibilização sobre o ecossistema, sustentabilidade do rio e a cultura avieira, entre outros temas ligados ao Tejo, moderada pelo jornalista Edgardo Pacheco.

Do programa fazem ainda parte restaurantes da cidade que apresentam menus que homenageiam o peixe do rio. Os “Sabores do Tejo” são servidos hoje ao jantar no restaurante Oh! Vargas, onde o chef Rui Santos apresenta um menu que alia o respeito pelo receituário tradicional a alguma irreverência. Amanhã, o restaurante Ó Balcão recebe um momento protagonizado pelos chefes Rodrigo Castelo, Diego Gallegos e João Rodrigues.

Leia também...

A herdade no Alviela e o pergaminho que ia para o lixo

Pergaminho do século XII salvo do lixo em Vale de Figueira.

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Associação ‘Praça Maior’ fecha gestão da Praça de Touros ‘Celestino Graça’ com sentido de missão cumprida

A Associação “Praça Maior”, responsável pela organização das corridas de toiros na…

Gilberto Gil dá concerto com Adriana Calcanhotto em Santarém

A 7 de Novembro.