Concurso Nacional de Vinhos no CNEMA junta mais de 1300 referências

Mais de 1300 vinhos portugueses foram avaliados na passada segunda-feira, dia 14, por um jurado de especialistas, dos quais 30 estrangeiros, no âmbito do Concurso Vinhos de Portugal, que visa afirmar o país como “produtor de vinho de qualidade”.

O concurso, uma iniciativa da ViniPortugal, começou na segunda-feira, no CNEMA, com 1307 vinhos, de 372 produtores, que foram avaliados em prova cega por um júri composto por especialistas de vinhos, entre enólogos, jornalistas ou ‘sommeliers’, entre os quais se encontram 30 “reputados especialistas internacionais”.

A competição pretende divulgar a marca ‘Vinhos de Portugal/Wines of Portugal’ e afirmar Portugal “como um país produtor de vinho de qualidade junto de especialistas e influenciadores internacionais”, divulgou a organização.

O programa incluiu acções dirigidas aos jurados internacionais, como a realização de ‘master-classes’ “para dar a conhecer a diversidade e especificidade dos vinhos nacionais”, jantares vínicos e visitas a produtores, para apresentar “alguns projectos de sucesso na produção de vinhos de excelência em diferentes regiões do país”, segundo a ViniPortugal.

Após a primeira fase de escolhas, o concurso prossegue em Lisboa, com o Grande Júri, que integra quatro especialistas de renome internacional, a reunir-se no Instituto da Vinha e do Vinho, ontem, quinta-feira e hoje, sexta-feira, para atribuir as medalhas ‘Grande Ouro’ e os ‘Melhores do Ano’. Os prémios serão entregues na noite de hoje, dia 18, numa gala a decorrer no Convento do Beato em Lisboa.

Em declarações à Lusa, o presidente da ViniPortugal, Jorge Monteiro, afirmou que o concurso é “uma grande oportunidade”, com vinhos de todas as regiões do país.

Apesar de todos os vinhos serem admitidos à prova, e, portanto, sem um crivo inicial, o responsável revelou que, em edições anteriores, “75 por cento dos vinhos acabam o concurso com nota para ter uma medalha de bronze pelos critérios internacionais”.

No concurso predominam os vinhos do Douro, Alentejo e Verdes, mas também surgem vinhos do Algarve, Madeira e até Açores, comentou.

A ViniPortugal é uma associação interprofissional que aposta na promoção internacional dos Vinhos de Portugal, procurando contribuir para um crescimento sustentado do volume e do preço médio dos vinhos portugueses.

info, , ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS