Foi apresentado publicamente, no sábado, dia 8 de Maio, no Auditório da Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça, o Grupo de Trabalho do Projecto de Valorização Patrimonial do Concelho de Alpiarça.

Este grupo de trabalho é composto por Luís Raposo – que o coordena cientificamente – Proença Cunha, Telmo Pereira, Raquel Vilaça, Ana Margarida Arruda, Jorge Custódio, Nuno Prates, Francisco Madeira Lopes e Goreti Meca.

Nesta sessão, Luís Raposo destacou a importância arqueológica de Alpiarça, o que motiva, precisamente, a constituição deste grupo de trabalho para valorizar o património alpiarcense.

PUBLICIDADE

Deste forma, é intenção deste grupo lançar a edição de um álbum sobre o património arqueológico e geomorfológico de Alpiarça assim como a criação de um núcleo museológico e Centro Interpretativo desse mesmo património.

A realização de um documentário, assim como a edição da Carta Arqueológica do Concelho de Alpiarça e a criação de itinerários pedonais virados para o património arqueológico são outras das acções previstas.

Casimira Alves, vereadora da Cultura da autarquia, destacou a importância do projecto para Alpiarça e para o estudo do património arqueológico do concelho, agradecendo o facto da comunidade científica se ter disponibilizado a apoiar este projecto.

O projecto abarca o património natural, territorial, paisagístico, arqueológico, cultural, educativo e o seu potencial turístico.

O município destaca a presença neste território das estações arqueológicas do Vale do Forno, Vale da Atela, Cabeço da Bruxa e Alto do Castelo, entre outros sítios “reconhecidos entre a comunidade científica e representativos de dois períodos cronológicos da Pré-história – o Paleolítico Inferior e Médio e a Proto-história (Idade do Bronze e Idade do Ferro)”.

PUBLICIDADE
Leia também...

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Feira Nacional da Agricultura realiza-se entre 9 e 13 de Junho em Santarém

A Feira Nacional da Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA) vai realizar-se entre 9…

“Inspiro-me muito nas minhas vivências e nas raízes em Alpiarça“

Joana Almeirante é natural do concelho de Santa Maria da Feira, mas…

Capela Dourada reabre ao público após obras de restauro e recuperação (c/vídeo)

A Capela Dourada, contígua à igreja de Jesus Cristo, reabriu ao público,…