O Jornal Correio do Ribatejo assinala hoje, dia 09 de Abril, os seus 131 anos. O “Jornal de todos e para todos os Ribatejanos”, chegou às bancas – e à casa dos leitores – com 88 páginas, convocando a sua história, que se cruza com a da região, ao mesmo tempo que projecta o futuro.

O ‘jornal de Santarém’ traz agarrado a si um património histórico e das suas gentes que nenhum outro tem condições de reivindicar. Nesse sentido, este ano, a administração do jornal decidiu distinguir publicamente sete personalidades e instituições que se têm destacado na região. São elas José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico Português (COP), Vicente Batalha, dramaturgo, encenador e ex-presidente do Instituto Bernardo Santareno, Joaquim Pedro Torres, fundador da Agroglobal, Sofia Vieira, da Livraria ‘Aqui há Gato’, Associação Académica de Santarém, APPADCM e Conservatório de Música de Santarém.

Estas homenagens aconteceram ontem à noite, numa Gala no Teatro Sá da Bandeira, onde foi ainda apresentado o projecto de digitalização que o jornal desenvolveu e que permitirá, a partir de agora, disponibilizar ao grande público os 131 anos do jornal – e estamos a falar de mais de 7 mil edições no formato de e-paper.

Toda esta informação poderá ser acedida através de uma mesa interactiva instalada na sede do jornal, ou na nossa página da internet.

Este processo de digitalização das edições do jornal teve o apoio da autarquia scalabitana, que reconheceu o papel que este título tem tido na região e que é também fonte de informação no que respeita a estudantes e investigadores.

Desta forma, a actual administração do Correio do Ribatejo tem encetado esforços para que a totalidade destas publicações fossem postas à fruição do público em geral, e facilmente acessíveis através de um ‘click’.

Para a direcção do ‘Correio do Ribatejo’, a preservação digital da memória escrita em papel de dos mais antigos jornais regionais existentes no nosso país é um passo fundamental para que se assuma, ainda mais, como fonte de informação privilegiada para o estudo e a compreensão da História do final do século XIX até à actualidade da cidade e do distrito de Santarém e também do País.

E neste espírito, o Jornal pretende desenvolver novas iniciativas com o objectivo principal de reforçar a literacia, a inclusão para a comunicação social, o conhecimento da realidade local e regional, bem como a captação de novos leitores.

Uma acção inserida neste propósito é a conferência que abordará o “Arquivo Digital do Correio do Ribatejo: Importância da Salvaguarda desta Memória Colectiva” que está agendada para este sábado, 09 de Abril, pelas 17:00, na sede do Jornal, na Rua Serpa Pinto, em Santarém, cujos oradores convidados serão Luís Pavão, responsável por todo o processo de digitalização, Luís Humberto Marcos, director do Museu da Imprensa e João Palmeiro, presidente da Associação Portuguesa de Imprensa.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…