Detido suspeito de violência doméstica que agredia a companheira e ameaçava matar a filha de 3 meses

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR de Santarém deteve um homem de 32 anos pelo crime de violência doméstica, no dia 8 de Julho, em Coimbra.

Segundo o Comando Territorial de Santarém, a detenção do suspeito ocorreu no âmbito de uma investigação por violência doméstica, tendo a guarda apurado que o homem agredia física e psicologicamente a sua ex- companheira, de 22 anos, chegando a ameaçar a vida da filha recém-nascida de apenas três meses.

O suspeito, no último episódio de violência, partiu o nariz da vítima, tendo esta recorrido a tratamento hospitalar, descreve a mesma fonte.

PUBLICIDADE

No cumprimento de um mandado de detenção e a uma busca domiciliária, com vista à protecção da vítima, devido ao perigo de continuidade da violência exercida, os militares da GNr apreenderam ao suspeito seis munições e 33 doses de haxixe.

O detido, com antecedentes criminais por tráfico de droga e armas, foi presente nesse mesmo dia ao Tribunal Judicial de Santarém, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de contacto com a vítima, proibição de adquirir armas de fogo, proibição de se ausentar da cidade de Coimbra e sujeição a consulta de psiquiatria. As medidas vão ser monitorizadas através de pulseira electrónica.

A acção da GNR contou com o apoio da Polícia de Segurança Pública.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS