Imagem ilustrativa

Doze distritos de Portugal continental vão estar na terça-feira sob aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de três, devido à chuva forte e persistente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, além dos distritos do Porto e de Braga, em aviso laranja entre as 21:00 de hoje e as 06:00 de terça-feira, e de Viana do Castelo, desde as 14:27 de hoje e até às 06:00 de terça, vão estar sob aviso laranja os distritos de Coimbra, Aveiro, Lisboa, Setúbal e Viseu, entre as 00:00 e as 09:00 de terça-feira.

Em Castelo Branco, Leiria e Santarém, este aviso vigora durante três horas, entre as 06:00 e as 09:00, e em Vila Real entre as 00:00 e as 06:00.

O aviso laranja significa, segundo a página da internet do IPMA, uma situação meteorológica de risco moderado a elevado e, no caso de chuva, “precipitação forte e persistente, que pode ser acompanhada por trovoada”.

Os restantes distritos de Portugal continental (Bragança, Évora, Guarda, Faro, Beja e Portalegre) estarão sob aviso amarelo hoje ou na terça-feira ou em ambos os dias.

O aviso amarelo significa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica e, no caso de chuva, “precipitação, por vezes forte e persistente”.

A Proteção Civil elevou hoje o nível de alerta de amarelo para laranja em oito distritos face às previsões de chuva intensa para o final do dia e alertou para a possibilidade de inundações em meio urbano.

O alerta especial para nível laranja aplica-se nos distritos de Braga, Viana do Castelo, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Setúbal e Lisboa, disse o comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), André Fernandes, durante uma conferência de imprensa.

O nível laranja é o segundo mais elevado numa escala de quatro e representa um grau de risco elevado, existindo a possibilidade de ocorrência de fenómenos invulgares que podem causar danos a pessoas e bens, colocando em causa a sua segurança.

Na sede nacional da ANEPC em Carnaxide, no concelho de Oeiras, André Fernandes explicou que as previsões meteorológicas apontam para “períodos de chuva por vezes forte e persistente” entre o final da noite de hoje e a madrugada de terça-feira.

O período crítico será entre as 21:00 e as 09:00, com possibilidade de trovoadas e rajadas fortes de vento.

O comandante nacional da ANEPC referiu também que a Agência Portuguesa do Ambiente emitiu avisos para as bacias hidrográficas do Minho, Lima, Cávado, Ave, Douro, Vouga, Mondego, Tejo e Sorraia.​​​​​​​

Perante as previsões, a Proteção Civil admite que possam ocorrer inundações em meio urbano, cheias, derrocadas e deslizamentos de terra. As zonas mais suscetíveis são o Litoral Norte, a região Centro e a Área Metropolitana de Lisboa.​​​​​​​

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.