A Câmara do Entroncamento deliberou, por unanimidade, ordenar a demolição do edifício parcialmente construído situado no local da antiga sede do Grupo Desportivo dos Ferroviários do Entroncamento, obra embargada no final de 2005 devido a irregularidades.

Em comunicado, o município afirma que tentou resolver a situação junto do actual titular do imóvel, uma entidade bancária, “sem resultados concretos” e sem se vislumbrar “qualquer solução em período aceitável”, o que levou o tomar a decisão de ordenar a demolição, sendo dado um prazo de seis meses ao proprietário para a concretizar.

Segundo o município, a obra “foi licenciada em Novembro de 2003 e pelo prazo de 24 meses, sendo embargada no final de 2005 por terem sido verificadas várias irregularidades. Já após o embargo e sem responsável técnico, foram executados trabalhos ilegalmente, nunca tendo sido desencadeada qualquer acção pelo promotor para a regularização do processo”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Mercadona cria 65 novos empregos com abertura de nova loja em Santarém

Em 2022.

Mercadona constrói maior bloco logístico da empresa em Almeirim

A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, anunciou que vai construir um…

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Moinho de Fau e Restaurante no Jardim das Portas do Sol colocados em hasta pública

A Câmara Municipal de Santarém vai realizar um hasta pública, no próximo…