Empresa Águas do Ribatejo investe em zonas de medição e controlo para combater perdas de água

A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo (AR) está a investir mais de meio milhão de euros em Zonas de Medição e Controlo (ZMC) para combater as perdas de água no sistema de abastecimento.

Segundo a empresa, neste momento já estão instaladas 55 ZMC e prevê-se que sejam implementadas em 100 locais a medição de caudais na rede de abastecimento de água até ao final do ano.

As ZMC estão associadas ao sistema de telegestão que permite acesso à informação real sobre o estado dos reservatórios e da quantidade de água armazenada. Através de tecnologias que enviam informação remotamente, os operadores e técnicos da AR recebem alertas na hora para as perdas de água, seja por rotura ou utilização anómala, e consequentes reduções dos volumes de água armazenada.

PUBLICIDADE

É desta forma que as equipas de detecção de fugas conseguem actuar de imediato e localizar os locais de perda antes destas se tornarem visíveis na via pública e minorando de forma significativa o desperdício de água e o consequente efluente a encaminhar para as ETAR.

Ainda segundo a Águas do Ribatejo, o investimento em ZMC é superior a meio milhão de euros, suportado por capitais próprios da AR e fundos comunitários, a que se junta o custo das substituições e reabilitações de captações, reservatórios, estações elevatórias e redes mais antigas e debilitadas.

O plano de trabalhos da empresa prevê que no final de 2024 existam 132 ZMC no universo dos sete municípios que integram a AR.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS