A estátua de homenagem ao descobridor do Brasil, Pedro Alvares Cabral, que se encontra junto à Igreja da Graça, em Santarém, foi alvo de vandalismo no passado fim-de-semana.

Na base da estátua, que está situado no largo Pedro Alvares Cabral, está inscrito a tons de verde “Colonialismo é Fascismo”. A Câmara Municipal de Santarém já tomou conta do sucedido tendo até apelado nas redes sociais à população que denuncie situações de vandalismo e que preserve o património da cidade.

O Correio do Ribatejo apurou junto de fonte do Município que a estátua será alvo de limpeza e será apresentada queixa contra terceiros.

Leia também...

Hospital de Santarém – Uma homenagem sentida aos ‘homens e mulheres’ da Linha da Frente

Especial 130 anos do Jornal Correio do Ribatejo O mundo mudou há…

Empresário de Santarém é o mandatário nacional da candidatura de André Ventura às presidenciais

Rui Paulo Sousa, o empresário de Santarém de 53 anos, vai ser…

Taberna do Quinzena – A ‘Catedral’ da boa comida Ribatejana

Especial 130 anos do Jornal Correio do Ribatejo Com uma decoração típica…

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…