Festival de Órgão de Santarém continua no próximo fim de semana

Após o primeiro fim de semana, a programação do FÓS 2019 continua para mais um fim de semana preenchido por uma harmonia musical dos vários órgãos históricos de Santarém, nomeadamente dos órgãos da Igreja da Misericórdia, Igreja de Nª Sra. de Marvila, Igreja de S. Nicolau e da Catedral de Santarém.

De acordo com a direcção artística do FÓS 2019, António Vassalo Lourenço e João Santos, a edição deste ano do Festival de Órgão de Santarém aposta numa perspectiva heterogénea e multidisciplinar, tendo em vista a abertura e comunicação da cultura organística com outras áreas criativas da sociedade.

O Festival de Órgãos Históricos de Santarém visa promover a arte musical e o património arquitectónico e eclesiástico existente na cidade.

Neste fim de semana, em quatro órgãos da cidade, irão apresentar-se reputados organistas do panorama nacional e internacional, jovens talentos e músicos que exercem a sua actividade na região.

O II Festival de Órgão de Santarém, tem entrada livre, e para o fim de semana conta com o seguinte programa:

Dia 15, o FÓS reserva-nos os Moços do Coro, às 21h30, com direcção de Nuno Almeida e o organista espanhol Jorge Garcia, na Igreja da Misericórdia.

No dia 16 haverá mais uma visita orientada, Rota dos Órgãos Históricos de Santarém, com início às 16h00, na Igreja de Marvila, Hélia Castro (Canto) e Daniel Nunes (Órgão), seguindo-se Marta Cruz (Órgão) e o Coro do Conservatório de Santarém, pelas 16h30, na Igreja da Misericórdia. O FÓS dirige-se depois até à Igreja de S. Nicolau onde pelas 17h00, Lídia Correia (Órgão solo) encerra a segunda visita guiada.

Para além da visita orientada, a programação no dia 16, às 21h30, inclui também a actuação da Orquestra Filarmonia das Beiras, dirigida pelo maestro Fernando Marinho e Laura Silva Mendes (Órgão), na Catedral de Santarém.

O Festival de Órgão de Santarém encerra a 17 de novembro, pelas 11h00, com uma Missa Dominical, na Catedral de Santarém, com o Coro da Schola Cantorum da Catedral de Santarém, direcção de Pedro Rollin Rodrigues e David Paccetti no Órgão.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS