A 1.ª Gala Empresarial de Rio Maior homenageou meia centena de empresas daquele concelho, na noite de quarta-feira, 29 de Maio, no decorrer de um jantar na ‘Quinta do Talego’, no Alto da Serra.

A Gala visou “reconhecer, valorizar e celebrar a excelência, a tenacidade e a visão dos actores cruciais da nossa economia, bem como destacar as trajectórias notáveis, as práticas inovadoras e os sucessos alcançados por empresas, empresários e empreendedores que, com seu esforço e dedicação, contribuem de forma significativa para o crescimento, desenvolvimento e sustentabilidade do concelho”.

Entre as empresas distinguidas, destaque para as que venceram as categorias a concurso: Categoria Empreendedorismo: ‘Wegoshare’; Categoria Startup do Ano: ‘Ontrisports’; Categoria Jovem Empresário: ‘Loja do Sal’; Categoria Sustentabilidade Ambiental: ‘Riografica’; Categoria Mulher Empresária: ‘Invepe’; Categoria Empresa Exportadora: ‘Sifucel – Sílicas SA’; Categoria Dinâmica Empresarial: ‘Panpor – Produtos Alimentares SA’; Categoria Empresa Investidora: ‘Nobre Alimentação’.

Foram ainda galardoadas 31 empresas Categoria PME Líder e 11 categoria PME Excelência que foram sujeitas à avaliação de um júri comporto por Miguel Pacheco (DESMOR), José Vale (IAPMEI), Maria João Botelho (APRODER), Pedroso Leal (Nersant) e Sérgio Cardoso (Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém).

A atribuição dos galardões visa premiar as empresas, empreendedores e personalidades que contribuem para o desenvolvimento do concelho de Rio Maior, através da criação de riqueza, valor e emprego, e que se destaquem, pela sua acção empresarial, nas áreas da inovação, capacidade empreendedora e internacionalização, consolidando, deste modo, a sua sustentabilidade socioeconómica.

Os galardões atribuídos assumem, segundo a autarquia, “uma forma simbólica de reconhecimento do mérito e do contributo das empresas, empresários e empreendedores no desenvolvimento empresarial concelhio”.

A 1.ª Gala Empresarial de Rio Maior contou com intervenções do vice-presidente do Município Lopes Candoso, representante do IAPMEI Nuno Gonçalves, e do presidente do Município, Luís Filipe Santana Dias sublinhou o facto de, em Rio Maior, “ter vindo a crescer a procura e a fixação de empresas no seu território”.

“Temos assistido a um aumento significativo das exportações realizadas pelas nossas empresas, afirmando o território como um contribuinte activo para o PIB nacional”, referiu, salientando ainda a “capacidade do concelho em gerar emprego”.

Santana Dias anunciou ainda, a assinatura de consignação da obra de requalificação da EN114 entre o Nó da A15 e a cidade de Rio Maior, dia 5 de Junho, na Câmara Municipal, entre a autarquia e a Infraestruturas de Portugal. Uma obra que classificou de “importância vital para o concelho, depois de muito anos de esforços inglórios vai finalmente ser uma realidade”, frisou.

Na sua intervenção, o autarca referiu que as empresas e os empresários “precisam de acção e de ver pro-actividade por parte do sector público para que possa ser gerado um melhor ambiente favorável ao desenvolvimento das suas actividades”.

De seguida elencou um conjunto de serviços que Rio Maior dispõe e colocou ao serviço dos empresários e das empresas do concelho, nomeadamente, o Centro de Negócios e Inovação de Rio Maior, o Gabinete de Apoio ao Empresário que visa prestar apoio às empresas, “facilitando o acesso a soluções para os seus desafios”, o Centro de Negócios e Inovação de Alcobertas, pioneiro na descentralização dos apoios prestados às empresas no concelho e o regulamento ‘RM Investe’, de apoio a iniciativas económicas que privilegia o investimento e a criação de emprego.

Destacou ainda que o investimento das áreas industriais do concelho se encontra na sua fase final de concurso, encontrando-se em análise no Tribunal de Contas.

“Neste capítulo do PRR, apenas dez áreas industriais do país foram consideradas para este investimento e Rio Maior teve a arte e o engenho de conseguir atrair este financiamento”, lembrou Santana Dias.

Trata-se, segundo o autarca, do “maior financiamento de sempre no Concelho de Rio Maior, cerca de 13 milhões de euros que garantirá melhores condições de competitividade ao nosso tecido industrial”, frisou.

Ainda este ano, a autarquia riomaiorense lançará o espaço empresa, um balcão de atendimento integrado que pretende oferecer aos empresários todas as informações indispensáveis para o exercício da sua actividade económica, ao longo de todo o ciclo de vida da empresa.

A 1,ª Gala Empresarial do Concelho de Rio Maior contou com animação musical a cargo de Manuel Antunes e Eduardo Marques e de Paulo Holandês e Andreia Coelho que actuaram para cerca de 250 convidados.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também...

Santarém tem três casas de renda acessível a sorteio

As candidaturas podem ser submetidas até 24 de Janeiro de 2022

Mercadona cria 65 novos empregos com abertura de nova loja em Santarém

Em 2022.

Mercadona constrói maior bloco logístico da empresa em Almeirim

A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, anunciou que vai construir um…

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…