Os vinhos ‘Quinta do Casal Monteiro Grande Reserva Fernão Pires branco 2019’ (Quinta do Casal Monteiro) e o ‘Zé da Leonor Reserva tinto 2020’ (Casa Agrícola Rebelo Lopes) foram ‘Medalha de Excelência’ na 12.ª edição do ‘Concurso Vinhos do Tejo’ que teve lugar neste Sábado, dia 25 de Junho, no Hotel dos Templários, em Tomar.

Esta é uma iniciativa organizada pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) e pela Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo (CENST), que decorre anualmente e reconhece os melhores do vinho, da gastronomia e do território. Este evento celebra os ‘Prémios Vinhos do Tejo’, o ‘Concurso Vinhos do Tejo’ e as iniciativas ‘Tejo Gourmet’ e ‘Tejo Anima’.

Distinguidos com a ‘Grande Medalha de Ouro’ foram 9 vinhos, sendo eles: ‘Quinta da Lapa Touriga Nacional Reserva Tinto 2018’ (Agrovia); ‘Quinta São João Batista Grande Reserva Tinto 2018’ (Enoport Wines); ‘Cabeça de Toiro Grande Reserva Branco 2019’ (Enoport Wines); ‘75 1st Collection Reserva Tinto 2018’ (Three Quarters Wines); ‘Abafado 5 Years Fernão Pires Branco 2016’ (Quinta Da Alorna);  ‘Cabeça de Toiro Grande Reserva Tinto 2017’ (Enoport Wines); ‘Quinta da Lapa Reserva Branco 2019’ (Agrovia); ‘Paciência Moscatel Graúdo Reserva Branco 2018’ (Casa Agrícola Paciência); ‘Quinta da Alorna Reserva Alvarinho & Viognier Branco 2020’ (Quinta Da Alorna).

Conseguiram o galardão de ‘Ouro’ 26 vinhos, entre os quais 10 brancos e 16 tintos. Já os diplomas de ‘Prata’ foram entregues a 4 brancos, 1 rosé e 9 vinhos tintos. Como já é habitual, foram também eleitos os melhores brancos e rosés da colheita de 2021. Entre os melhores rosés, foi destacado em 1º lugar o ‘Herdade dos Templários 2021’, como 2º classificado o ‘Terra de Lobos 2021’ e por último o ‘Quinta do Casal Monteiro 2021’. No que diz respeito aos melhores brancos, pela mesma ordem de classificação, foram premiados os vinhos ‘Pingo Doce Sauvignon Blanc E Verdelho 2021’, o ‘Lagoalva Sauvignon Blanc’, também premiado nesta categoria na edição anterior, e o ‘@batista’s By Pitada Verde Colheita Seleccionada 2021’.

Nos ‘Prémios Vinhos do Tejo’ são galardoados os agentes económicos inscritos na CVR Tejo nas categorias de Sustentabilidade, Empresa Dinamismo, Empresa Excelência, Enólogo do Ano e Prémio Carreira. Começando pela distinção mais recente neste concurso, o ‘Prémio Sustentabilidade’ foi entregue à Companhia das Lezírias. No que diz respeito aos produtores da região, destaca-se a ‘Encosta do Sobral’ com o título de ‘Empresa Dinamismo’, e a ‘Enoport Wines’, eleita ‘Empresa Excelência’. Premiados com a distinção ‘Enólogo do Ano’ foram duas personalidades, Nuno Faria e João Vicêncio, também da Enoport Wines. O ‘Prémio Carreira’ é entregue a Pedro Castro Rego, Grão-Mestre da Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo e Presidente da Federação das Confrarias Báquicas de Portugal.

‘Tejo Gourmet’ – o mais concorrido de sempre

Actualmente, o concurso de iguarias e Vinhos do Tejo é bienal e esta edição contou com a maior participação de sempre, com restaurantes de Portugal continental e ambas as ilhas, num total de 63 inscrições, sendo 33 delas estreias e outras 30 já repetentes deste concurso.

Nesta 10ª edição do ‘Tejo Gourmet’ foram premiados restaurantes com a distinção ‘Grande Ouro’, ‘Ouro’ e ‘Prata’. Congratulados com o diploma ‘Grande Ouro’ foram os restaurantes: ‘Burro Velho’, em Batalha, vencedor na categoria de ‘Melhor Cozinha Tradicional e Melhor Prato’; ‘A Varanda do Parque’ em Santarém; ‘Capriola (Hotel Lusitano)’, na Golegã, premiado na categoria ‘Melhor Sobremesa’; ‘De’ Gustar’ em Torres Novas; ‘Dom Joaquim’ em Évora; ‘Dona Laura – Vinhos & Petiscos’, em Évora, na categoria de ‘Melhor Casa de Petiscos’; ‘InPar Restaurante by Aroeira Lisbon Hotel’, na Aroeira, distinguido nas categorias de ‘O Melhor Restaurante’ e ‘Melhor Cozinha Internacional’; ‘OH!VARGAS’, em Santarém, eleito o restaurante com ‘Melhor Carta de Vinhos’; ‘Taberna Portuguesa 1865’, em Rio Maior, eleito na categoria ‘Revelação’ e ‘Melhor Entrada’; ‘Razão (Socalco Nature Calheta)’, em Calheta –  Madeira, congratulado com ‘Melhor Cozinha de Autor’ e o ‘Wish Restaurante & Sushi’ no Porto.

Na categoria de ‘Melhor Promoção’, e também detentores da medalha de ‘Ouro’, foram distinguidos os restaurantes: ‘Mar Aberto (Miramar Hotel & Spa)’ na Nazaré; Beef & Wines e Chalet Vicente, ambos do Funchal; no que toca ao ‘Prémio Revelação’, este foi arrecadado pela Taberna Zé Cristino em Urqueira – Ourém. Também na categoria ‘Melhor Promoção’, foi distinguido o ‘Atlântico View (Hotel Miramar Sul)’ na Nazaré.

No ‘Tejo Anima’, iniciativa promovida pela Rota dos Vinhos do Tejo e pela Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo (CENST) que pretende premiar o território e as suas valências de lazer foram distinguidas, na categoria ‘Natureza’, as Salinas da Fonte da Bica mais conhecidas por Salinas do Sal, em Rio Maior.

No ‘Património e Oferta Cultural’ o vencedor foi o Castelo de Almourol em Vila Nova da Barquinha.

Por último, na categoria ‘Enoturismo’, foi premiada a Quinta da Atela, em Alpiarça.

Fotos: Vítor Neno

(Ler notícia desenvolvida na edição impressa de 01 de Julho de 2022).

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.